Banner

Jesus Início

Início


Visitas



addthis

Addrhis

Canal de Videos

Rio de Janeiro

Santa Sé






quinta-feira, 27 de novembro de 2014

Ira de Deus ou portões do inferno: veja fotos desses incríveis buracos gigantes | Ricardo Setti - VEJA.com



Ira de Deus ou portões do inferno: veja fotos desses incríveis buracos gigantes | Ricardo Setti - VEJA.com




Veja SP
Veja RJ
Exame
Info
Contigo!
MdeMulher
Modaspot
Capricho
Revistas e sites
Assine
Clube
SAC
Grupo Abril

VEJA 
Notícias
Temas
Vídeos
Fotos
Colunistas
Assine VEJA
Reinaldo Azevedo
Lauro Jardim
Augusto Nunes
Ricardo Setti
Fernanda Furquim
Todos os colunistas
Veja SP
Acervo Digital
VEJA International

/ Blogs e Colunistas


Assine o Feed RSS | Saiba o que é


Coluna do
Ricardo Setti

Este espaço pretende apresentar boas histórias e opinião independente. Não será neutro diante dos descalabros do Brasil e das dores do mundo, mas rejeitará qualquer compromisso com o azedume e o mau humor.

Home
Política & Cia
Vasto Mundo
Tema Livre
Bytes de Memória
Disseram
Música no Blog
Livros & Filmes


26/11/2014 às 18:30 \ Tema Livre
Ira de Deus ou portões do inferno: veja fotos desses incríveis buracos gigantes


Post publicado originalmente a 20 de dezembro de 2011

Ira de Deus, ou portões do inferno, não importa como os chamem. Os intrigantes buracos gigantes encontrados em algumas partes do mundo têm

explicações na verdade simples: muitos são resultados da intervenção humana, como escavações para mineração, outros de causas naturais, como movimentos de placas tectônicas.

Imensos, atraem legiões de turistas e aventureiros para locais como a gélida Sibéria, na Rússia, o Turcomenistão, a Guatemala, a África do Sul, o Canadá ou os Estados Unidos.

Vejam só:


Darvaza, ou “portões do inferno”, no Turcomenistão




Outra visão dos “portões do inferno”, no Turcomenistão







Darvaza – ou “portões do inferno”, Turcomenistão

Um enorme depósito subterrâneo de gás natural foi descoberto por geólogos em 1971 neste país da Ásia Central, na época parte da União Soviética. A precária tecnologia soviética de então levou a que a plataforma de perfuração desabasse.

Para que os gases venenosos não escapassem do buraco, atearam foro ao que jorrava do buraco — resultado que não poderia ser mais desastroso, pois os gases continuam queimando até hoje, quase 40 anos depois.



Kimberley Big Hole, África do Sul

É considerada a maior escavação feita por mãos humanas em todo o mundo. Para render mais de 3 toneladas de diamante até o encerramento das atividades extrativistas, em 1914, ficou com mais de 1 quilômetro de profundidade – com cerca de 22,5 milhões de toneladas de terra removidas.


Kimberley Big Hole, na África do Sul




Visto mais do alto, de novo o Kimberley Big Hole, na África do Sul

Chuquicamata, Chile

Mina a céu aberto no norte do Chile, é detentora do título de maior produção total de cobre do mundo. Com mais de 850 metros de profundidade, está em segundo lugar em tamanho, atrás da Bingham Canyon Mine, no Estado de Utah, EUA.




Mina de Chuquicamata, no Chile




Vista mais de longe, a mesma mina de Chuquicamata, no Chile



Diavik, Canadá

Mina de diamantes localizada a 300 km de Yellowknife, no gelado extremo norte do Canadá, é tão grande que conta com um aeroporto próprio, capaz de comportar um Boeing 737. A água que rodeia a enorme mina vira gelo durante a maior parte do ano.




Mina Diavik, no Canadá




Mais à distância, a Mina Diavik, no Canadá



Udachnaya Pipe, Rússia

Esta antiga mina de diamantes situada no extremo norte da Rússia, perto do Círculo Polar Ártico, foi explorada entre 1955 e 2010 e tem mais de 600 metros de profundidade.




Udachnaya Pipe, na Rússia




Em foto tomada a mais distância, Udachnaya Pipe, na Rússia



Mirny, Sibéria, Rússia

Com 525 metros de diâmetro e 1200 de profundidade, esta é considerada a maior abertura/mina de diamantes em todo o mundo. Aviões e helicópteros não podem sobrevoar o local, pois algumas aeronaves já foram sugadas pelo buraco.




A gigantesca mina de diamantes Mirny, na Sibéria, Rússia, faz o enorme caminhão parecer uma formiga na foto




A mina Mirny fez nascer uma cidade, Udachny, a seu lado



Glory Hole, Monticello, Califórnia, EUA

O “buraco da glória” é uma espécie de ralo colossal que entra em ação quando a água da barragem de Monticello ultrapassa seu nível máximo de segurança e precisa ser drenada do reservatório. Tem capacidade de esvaziar o reservatório à razão de 408 mil litros por segundo.




Glory Hole, em Monticello, Califórnia, EUA




O Glory Hole em plena ação



Bingham Canyon, Utah, EUA

A escavação deste buraco começou em 1863, e o poço continua aumentando de tamanho até hoje. Atualmente as medidas do poço são de mais de 5,5 mil metros de profundidade e 4 mil metros de largura.




Mina Bingham Canyon, Utah, EUA




Vista de maior distância, e cercada pela neve, a Bingham Canyon, Utah, EUA



Great Blue Hole, Belize

A quase 100 quilômetros mar adentro da Cidade de Belize, em Belize, na América Central, está este incrível buraco azul – adorado por mergulhadores -, o maior e também tido como o mais bonito do mundo (sim, existem vários buracos-azuis nos oceanos).

Com forma de um círculo perfeito, tem pouco mais de dois quilômetros de largura e atinge 145 metros de profundidade.




Great Blue Hole, Belize




Great Blue Hole, Belize



Grande cratera da Guatemala

Este é o mais novo desta coleção de curiosos e gigantescos buracos: ele aconteceu em meio à Cidade da Guatemala, destruindo e engolindo casas, prédios e pessoas, em junho de 2010.

São cerca de 20 metros de diâmetro e 30 de profundidade. Segundo o Centro Geológico dos EUA, o problema ocorreu devido à área estar sobre terrenos calcários, rochas carbonáticas ou solos com muito sal que podem dissolver-se facilmente com a circulação de água nos lençóis freáticos.

A população acusou estar sentido e ouvindo movimentos e barulhos estranhos desde 2005.







A grande cratera urbana na Cidade da Guatemala




A cratera vista de cima: 20 metros de diâmetro, 30 de profundidade




Tags: barragem, buraco azul, mina de diamante








_

Nenhum comentário:

Apoio




_

Immaculata mea

In sobole Evam ad Mariam Virginem Matrem elegit Deus Filium suum. Gratia plena, optimi est a primo instanti suae conceptionis, redemptionis, ab omni originalis culpae labe praeservata ab omni peccato personali toto vita manebat.

Cubra-me

'A Lógica da Criação'


Jesus, oculto na Hóstia, é tudo para mim




“Se não fosse a Santa Comunhão, eu estaria caindo continuamente. A única coisa que me sustenta é a Santa Comunhão. Dela tiro forças, nela está o meu vigor. Tenho medo da vida, nos dias em que não recebo a Santa Comunhão. Tenho medo de mim mesma. Jesus, oculto na Hóstia, é tudo para mim. Do Sacrário tiro força, vigor, coragem e luz. Aí busco alívio nos momentos de aflição. Eu não saberia dar glória a Deus, se não tivesse a Eucaristia no meu coração.”



(Diário de Santa Faustina, n. 1037)

Ave-Maria

A Paixão de Cristo