Banner

Jesus Início

Início


Visitas



addthis

Addrhis

Canal de Videos

Rio de Janeiro

Santa Sé






quarta-feira, 12 de março de 2014

[Catolicos a Caminho] QUARESMA TEMPO DE ORAÇÃO Som !















  • QUARESMA TEMPO DE ORAÇÃO 







De harmonia com a Liturgia da Palavra de hoje – 13 de Março – A, Jesus, depois de ter ensinado o Pai Nosso que ficou conhecido como a Oracão do Senhor, voltou a falar na oração, manifestando o Seu grande desejo de dar, de ajudar, de estar sempre presente com todos os que precisam e todos os que a Ele recorrem, mostrando ainda que gosta de dar com abundância.

É neste contexto histórico que o Deus vivo nos visita, quando rezamos, e nos dá a conhecer o seu propósito de nos aliviar quando estamos oprimidos e escravizados sob a força do trabalho, das nossas necessidades e do pecado.

Assim a Quaresma surge-nos como um desabafo e um desafio para que regressemos de tudo o que nos oprime e nos fez perder a identidade e a imagem de uma vida cristã, que é uma imagem de liberdade e de alegria, de criatividade e de esperança.

De Jesus, o enviado de Deus Pai, recebemos esta mensagem :

-"Eu vim para que tenham a vida e a tenham em abundância".

A imagem de um deus longínquo, ligado a interditos, ameaças, obscurantismos e castigos, é substituída pela imagem de um Deus – o Pai de Nosso Senhor Jesus Cristo - que gosta da sua criação e a defende, que ama o homem e o convida a criar com Ele e lhe oferece tudo, disposto a esquecer os nossos pecados e ingratidões para renovar em nós a nossa confiança :

-"Pedi e dar-se-vos-á…Batei e anbrir-se-vos-á…".(Mt.7,7).

É importante que de vez em quando nos perguntemos sobre o que é que temos oferecido à vida.

Há pessoas que apenas recolhem aquilo que encontram ao seu alcance, para consumo e deleite pessoal, como se tudo lhe fosse devido, pessoas que passam pela vida e deixam atrás de si apenas um rasto de poluição e de lixo…

Jesus definiu claramente a sua posição :

-"Eu vim para servir e não para ser servido".

Serviu até ao fim, fazendo da Sua própria vida uma dádiva, porque para Jesus servir é fazer viver :

-"Eu vim para que tenham a vida e a tenham em abundância".

Viveu este ideal com a mesma profundidade e a mesma gratuidade, com a mesma naturalidade com que Deus Pai realizou a Criação, porque para o Pai, ser Deus é Criar.

E nós serviremos a vida aliados a Deus como co-criadores.

Desse modo a nossa relação deixará de ser apenas a de consumidores que desfrutam a vida, mas a de criadores que inovam e deixam na existência realidades novas, aumentando os laços e a rede de relacionamentos criativos e libertadores.

E Jesus, quamdo voltar de novo dirá com glória :

-"Vendo as vossas obras os homens bendirão o Pai que está nos céus".

E é assim que a Liturgia da Palavra de hoje termima com uma Regra de oiro

-"Portanto, o que quiserdes que vos façam, os homens, fazei-o também a eles, porque esta é a Lei e os profetas". (Mt.7,12)./

Era assim que os judeus designavam toda a Escritura.

Deve ser este o sentido da oração que devemos fazer neste tempo de Quaresma, para vencermos a rotina da vida.

- Vencer pelo silêncio, a rotina da palavra, para a redescobrir significativa e reveladora;.

- Vencer pela abstinência e privação a rotina do alimento, para o voltar a saborear com gosto renovado.

- Vencer pela austeridade e partilha a rotina do consumo para voltar à experiência da novidade.

- Vencer pela leitura da Bíblia e meditação, a rotina da vida espiritual para voltar à bem-aventurança do amor de Deus.

- Vencer pela ascese e autodomínio a rotina das relações, para regressar à alegria da fraternidade e da caridade.

É assim que deve ser a nossa Oração Quaresmal para que tenha um sentido positivo e renovador. 






John

Nascimento 









__._,_.___














Para cancelar sua assinatura deste grupo, envie um e-mail para:

catolicosacaminho-unsubscribe@yahoogroups.com



























.



__,_._,___



-->

Nenhum comentário:




_

Immaculata mea

In sobole Evam ad Mariam Virginem Matrem elegit Deus Filium suum. Gratia plena, optimi est a primo instanti suae conceptionis, redemptionis, ab omni originalis culpae labe praeservata ab omni peccato personali toto vita manebat.

Cubra-me

'A Lógica da Criação'


Jesus, oculto na Hóstia, é tudo para mim




“Se não fosse a Santa Comunhão, eu estaria caindo continuamente. A única coisa que me sustenta é a Santa Comunhão. Dela tiro forças, nela está o meu vigor. Tenho medo da vida, nos dias em que não recebo a Santa Comunhão. Tenho medo de mim mesma. Jesus, oculto na Hóstia, é tudo para mim. Do Sacrário tiro força, vigor, coragem e luz. Aí busco alívio nos momentos de aflição. Eu não saberia dar glória a Deus, se não tivesse a Eucaristia no meu coração.”



(Diário de Santa Faustina, n. 1037)

Ave-Maria

A Paixão de Cristo