Banner

Jesus Início

Início


Visitas



addthis

Addrhis

Canal de Videos

Rio de Janeiro

Santa Sé






terça-feira, 25 de fevereiro de 2014

[Novo post] Ucranianos derrubam monumento erguido para soldados russos que promoviam genocídios




lucianohenrique publicou: " O site Opera Mundi realmente supera todos os limites de canalhice. A matéria "Ucranianos derrubam monumento erguido para soldados que lutaram contra nazismo" é uma tentativa de controle de frame das mais desonestas possíveis. Acredite se quiser, ma" 



Responda a este post respondendo acima desta linha 






Nova publicação em Ceticismo Político 











O site Opera Mundi realmente supera todos os limites de canalhice. A matéria "Ucranianos derrubam monumento erguido para soldados que lutaram contra nazismo" é uma tentativa de controle de frame das mais desonestas possíveis.

Acredite se quiser, mas eles escreveram o parágrafo abaixo:


O "Soldado Soviético", monumento erguido na Ucrânia em lembrança às tropas que lutaram contra o nazismo na Segunda Guerra Mundial, foi derrubado neste domingo (23/02) na região oeste do país. O ato foi realizado por opositores ao presidente Viktor Yanukovich e ligados à ultradireita europeia. O objetivo, segundo os próprios manifestantes, é "limpar símbolos da União Soviética". "Nós não somos a Rússia nem soviéticos", cantavam durante o protesto.

Para início de conversa, o monumento "Soldado Soviético" sempre foi uma afronta aos ucranianos. Que os nazistas criaram vários problemas na época da Segunda Guerra Mundial, quanto a isso não há dúvida alguma. Mas os ucranianos, em específico, não tem nenhuma homenagem a fazer ao "soldado soviético".

Estes soldados só lutaram contra os nazistas para proteger a ditadura stalinista, mas jamais para proteger os ucranianos.

Na verdade, a situação é exatamente a oposta: foram os stalinistas que praticaram o Holomodor, genocídio ocorrido na Ucrânia (na época em que esta estava integrada na URSS) entre 1932 e 1933. O número de mortos é estimado entre 2,5 e 10 milhões de pessoas.

É claro que os ucranianos tem motivo para repudiar o "soldado russo" tanto quanto aos judeus tem para repudiar os soldados nazistas. A estátua que foi derrubada era um símbolo de ofensa ao povo ucraniano. Demorou para eles criarem brio suficiente para derrubá-la.

Esse é o nível da esquerda atual: enquanto critica os genocídios de Hitler, promove outros genocídios tão ou mais abjetos quanto, como o show de horrores do Holomodor. Daí, em uma mistura de empáfia e provocação, reclamam por que os ucranianos derrubaram uma estátua homenageando aqueles que os massacraram.

Como sou de direita, rejeito tanto os genocídios de Hitler como os genocídios de Stalin. E, em relação aos genocídios de Stalin, demorou para os ucranianos reagirem.

Em tempo: o ótimo vídeo abaixo já obteve mais de 7 milhões de views e está irritando muito a extrema-esquerda:




lucianohenrique | 25 de fevereiro de 2014 às 12:01 am | Tags: comunismo, esquerdismo, nazismo, segunda guerra mundial, socialismo, stalin, stalinismo, ucrania | Categorias: Outros | URL: http://wp.me/pUgsw-7UV












Cancele a assinatura para não receber mais posts de Ceticismo Político.
Altere as configurações do seu e-mail em Gerenciar Assinaturas. 

Problemas para clicar? Copie e cole esta URL no seu navegador: 













Nenhum comentário:

Apoio




_

Immaculata mea

In sobole Evam ad Mariam Virginem Matrem elegit Deus Filium suum. Gratia plena, optimi est a primo instanti suae conceptionis, redemptionis, ab omni originalis culpae labe praeservata ab omni peccato personali toto vita manebat.

Cubra-me

'A Lógica da Criação'


Jesus, oculto na Hóstia, é tudo para mim




“Se não fosse a Santa Comunhão, eu estaria caindo continuamente. A única coisa que me sustenta é a Santa Comunhão. Dela tiro forças, nela está o meu vigor. Tenho medo da vida, nos dias em que não recebo a Santa Comunhão. Tenho medo de mim mesma. Jesus, oculto na Hóstia, é tudo para mim. Do Sacrário tiro força, vigor, coragem e luz. Aí busco alívio nos momentos de aflição. Eu não saberia dar glória a Deus, se não tivesse a Eucaristia no meu coração.”



(Diário de Santa Faustina, n. 1037)

Ave-Maria

A Paixão de Cristo