Banner

Jesus Início

Início


Visitas



addthis

Addrhis

Canal de Videos

Rio de Janeiro

Santa Sé






quarta-feira, 29 de janeiro de 2014

[Catolicos a Caminho] LITURGIA EUCARÍSTICA Som !

 











  • LITURGIA EUCARÍSTICA! 


***************** 


Na intenção de esclarecermos para os menos bem informados, sobre estes assuntos, vamos apresentar hoje o que se entende por Liturgia Eucarística.


A celebração da Eucaristia, realizada sobre o Altar, é popularmente conhecida por vários nomes, incluindo "O Santo Sacrifício da Missa" e "Liturgia Eucarística".
Todavia, a Missa e a Liturgia da Eucaristia são realidades diferentes.
* A Missa é o sacrifício oferecido em comunhão com o oferecimento de Cristo na Cruz.
* A Liturgia da Eucaristia é o Dom permanente do Corpo e do Sangue de Cristo sob as espécies do pão e do vinho, que alimenta e fortifica os que se encontram em peregrinação para Deus.
Um sacerdote ordenado validamente, com a intenção própria e usando matéria válida e forma correcta, oferece o mesmo sacrifício que Jesus ofereceu ao Pai em Sexta-feira Santa.
O sacerdote usa as palavras que Jesus pronunciou na Última Ceia :
"Isto é o Meu Corpo...Isto é o Meu Sangue...Fazei isto em memória de Mim... (Lc.22,19-20).
A celebração da Eucaristia é a Missa de sempre, conforme nos diz o Catecismo da Igreja Católica :
1345. - Desde o século II, temos o testemunho de S. Justino, mártir, sobre as grandes linhas do desenrolar da celebração eucarística. Permaneceram as mesmas até aos nossos dias, em todas as famílias litúrgicas. Eis o que ele escreve, cerca do ano 155, para explicar ao imperador pagão Antonino Pio (138-161) o que fazem os cristãos :
No dia que chamam Dia do Sol, realiza-se a reunião num mesmo lugar de todos os que habitam a cidade e o campo.
Lêem-se as memórias dos Apóstolos e os escritos dos Profetas, na medida em que o tempo o permite.
Quando o leitor acabou, aquele que preside toma a palavra para incitar e exortar à imitação dessas belas coisas.
Em seguida, levantamo-nos todos juntamente e fazemos orações por nós mesmos(...) e por todos os outros, onde quer que estejam, para que sejamos encontrados justos por nossa vida e acções, e fiéis aos mandamentos, e assim obtenhamos a salvação eterna.
Terminadas as orações, damo-nos um ósculo uns aos outros.
Depois, apresenta-se, àquele que preside aos irmãos, pão e uma taça de água e vinho misturados.
Ele toma-os e faz subir louvor e glória ao Pai do Universo, pelo nome do Filho e do Espirito Santo, e dá graças (em grego : eucharistian) longamente, por termos sido julgados dignos destes dons.
Quando ele termina as orações e acções de graças, todo o povo presente solta uma aclamação, dizendo : Amen.
Depois de aquele que preside ter feito a acção de graças e de o povo ter respondido, aqueles a que entre nós chamamos diáconos distribuem, a todos os que estão presentes, pão, vinho e água "eucaristisados" e também os levam aos ausentes....


Presentemente, a celebração da Eucaristia processa-se assim :
Com Cristo para o Pai. Sobre o altar, Jesus, que esteve presente na assembleia, no sacerdote e na Liturgia da Palavra, irá ficar presente sob as espécies do pão e do vinho.
A nossa oferta. O pão e o vinho são frutos da terra, que Deus confiou ao homem, com todas as suas riquezas. Oferecendo-os ao Senhor é a nós mesmos, é a nossa vida inteira que oferecemos ao Pai.
Oração Eucarística. Ponto central e culminante de toda a celebração, a "Oração Eucarística" é :
- Uma oração de acção de graças, dirigida ao Pai, por meio de Jesus, pelo sacerdote, em nome da assembleia.
- Uma acção sagrada, no decorrer da qual se opera a Transubstanciação do pão e do vinho no Corpo do Senhor Jesus Cristo.
Acção de Graças. Para o Pai se dirige o louvor e a glorificação da assembleia, a que se une toda a Igreja, assim como a criação inteira.
Memorial da Morte e Ressurreição. Evoca-se a Última Ceia, os gestos e as palavras de Jesus. Os dons por nós oferecidos ficam consagrados. São agora a Hóstia pura, santa e imaculada, apresentada ao Pai e oferecida pela assembleia, para sua salvação.
Convívio Pascal. É o banquete do Corpo e do Sangue do Senhor. Quem será, porém, digno de participar nesse banquete ?
Oração Dominical. É a oração que Jesus nos ensinou que serve de preparação para a Comunhão, que podemos rezar de mãos dadas.
No Abraço da Paz. Formamos um só Corpo. Com o rito da paz exprimimos o nosso desejo de reconciliação com os irmãos para nos apresentarmos sem ódio no coração.
Comunhão com Deus e os Irmãos. A Comunhão é o alimento que nos robustece e fortifica nas dificuldades da nossa caminhada. Unidos caminharemos para Deus.
A Nossa Missão. Agora, mais comprometidos na acção de graças, vamos continuar junto dos nossos irmãos a "louvar e a bendizer a Deus", vamos continuar a nossa Eucaristia. 




John
Nascimento 













__._,_.___







Atividade nos últimos dias: 




Para cancelar sua assinatura deste grupo, envie um e-mail para:

catolicosacaminho-unsubscribe@yahoogroups.com









Trocar para: Só Texto, Resenha Diária • Sair do grupo • Termos de uso














.



__,_._,___

Nenhum comentário:




_

Immaculata mea

In sobole Evam ad Mariam Virginem Matrem elegit Deus Filium suum. Gratia plena, optimi est a primo instanti suae conceptionis, redemptionis, ab omni originalis culpae labe praeservata ab omni peccato personali toto vita manebat.

Cubra-me

'A Lógica da Criação'


Jesus, oculto na Hóstia, é tudo para mim




“Se não fosse a Santa Comunhão, eu estaria caindo continuamente. A única coisa que me sustenta é a Santa Comunhão. Dela tiro forças, nela está o meu vigor. Tenho medo da vida, nos dias em que não recebo a Santa Comunhão. Tenho medo de mim mesma. Jesus, oculto na Hóstia, é tudo para mim. Do Sacrário tiro força, vigor, coragem e luz. Aí busco alívio nos momentos de aflição. Eu não saberia dar glória a Deus, se não tivesse a Eucaristia no meu coração.”



(Diário de Santa Faustina, n. 1037)

Ave-Maria

A Paixão de Cristo