Banner

Jesus Início

Início


Visitas



addthis

Addrhis

Canal de Videos

Maria



Rio de Janeiro

Santa Sé






segunda-feira, 27 de janeiro de 2014

Lourdes e suas aparições A festa de Lourdes se aproxima.Chegando a Lourdes como à casa materna




Lourdes e suas aparições






Posted: 26 Jan 2014 11:47 AM PST





Basílica da Imaculada Conceição. A Gruta está embaixo, onde estão os fiéis.


Chegando a Lourdes, um instinto misterioso conduz o neófito rumo à Gruta.




Os cartazes são inexistentes e desnecessários.




Os guardas são escassos e sem trabalho.




A multidão é ordenada, composta e fervorosa. Tudo é pulcro e bem conservado.




Magotes de peregrinos convergem para o local das aparições. Uns rezam em grupo ou isoladamente, em voz alta ou baixa; outros cantam.




Ainda outros caminham em atitude recolhida, ou com ávida curiosidade, até o fulcro dessa unção que a tudo envolve maternalmente.




Não há algazarra nem pesado silêncio.Há uma plenitude de vida harmoniosa, impregnada de sobrenatural, que empolga.








Alguns chegam acompanhados de um sacerdote.A imensa maioria vem por iniciativa própria.




O que os levou lá?O que a graça disse na alma daquele romeno, australiano, japonês, brasileiro ou sul-africano, para virem de todos os recantos da Terra a Lourdes, com tanta consonância de espírito?







Doentes chegam de todos os países.


À direita de quem chega, o caudaloso rio Gave corre impetuosamente, emitindo leve murmúrio, imagem material dessa torrente de graças que ali age tão poderosa e discretamente nas almas.




À esquerda estão as numerosas torneiras onde os romeiros colhem e bebem a água da fonte aberta por Santa Bernadete por ordem de Nossa Senhora.




Logo a seguir, a Gruta das aparições. Como descrevê-la? É difícil.




Nada há nela que não se pareça com mais uma concavidade lavrada na rocha pelo vento e pelas águas.







Imagem no fim da procissão


Porém, olhando-a, tem-se a impressão de contemplar uma janela que abre direto para o Céu.




No alto, à direita, numa espécie de túnel aberto na rocha, a famosa imagem de Nossa Senhora de Lourdes, tão simples, sem mérito artístico especial, irradiando um oceano de graças.




No canto inferior à esquerda, no fundo, a fonte que Santa Bernadete cavou com suas próprias mãos, a mando de Nossa Senhora.




A água jorra límpida, incessante, com a musicalidade aconchegante de um despretensioso manancial de montanha.




Eis a água de Lourdes, eis o simples instrumento de que Nossa Senhora se serve para vencer a doença e o pecado, a lubricidade igualitária da humanidade que recusou a Civilização Cristã.




Que contraste! Que glória, que poder da Santíssima Virgem!




Toda a obra de impiedade erigida em séculos de Revolução, vencida pela Rainha dos Céus e da Terra com um simples fio de água!



















You are subscribed to email updates from Lourdes e suas aparições

To stop receiving these emails, you may unsubscribe now. 

Email delivery powered by Google 


Google Inc., 20 West Kinzie, Chicago IL USA 60610 

Nenhum comentário:

Apoio




_

Immaculata mea

In sobole Evam ad Mariam Virginem Matrem elegit Deus Filium suum. Gratia plena, optimi est a primo instanti suae conceptionis, redemptionis, ab omni originalis culpae labe praeservata ab omni peccato personali toto vita manebat.

Cubra-me

'A Lógica da Criação'


Jesus, oculto na Hóstia, é tudo para mim




“Se não fosse a Santa Comunhão, eu estaria caindo continuamente. A única coisa que me sustenta é a Santa Comunhão. Dela tiro forças, nela está o meu vigor. Tenho medo da vida, nos dias em que não recebo a Santa Comunhão. Tenho medo de mim mesma. Jesus, oculto na Hóstia, é tudo para mim. Do Sacrário tiro força, vigor, coragem e luz. Aí busco alívio nos momentos de aflição. Eu não saberia dar glória a Deus, se não tivesse a Eucaristia no meu coração.”



(Diário de Santa Faustina, n. 1037)

Ave-Maria

A Paixão de Cristo