Banner

Jesus Início

Início


Visitas



addthis

Addrhis

Canal de Videos

Maria



Rio de Janeiro

Santa Sé






quinta-feira, 30 de janeiro de 2014

[Catolicos a Caminho] O ORDINÁRIO DA MISSA Som !

 











  • ORDINÁRIO DA MISSA 




Por Ordinário da Missa entende-se o que é comum ou ordinário em todas as Missas em oposição ao Próprio da Missa.
Antes do Concílio Vaticano II, havia o Missal Romano promulgado pela Constituição Apostólica Quo primum de S. Pio V, (1566-1572), em 14 de Julho de 1570, de acordo com os decretos do Concílio de Trento.
Entretanto, em consequência do movimento litúrgico, começou a sentir-se a necessidade de rever e enriquecer os formulários do Missal Romano.
Pio XII deu início a este trabalho restaurando a Vigília Pascal e toda a liturgia da Semana Santa, dando assim o primeiro passo para uma reforma do Missal Romano de acordo com a mentalidade moderna.
O recente Concílio Vaticano II, na sua Constituição Sacrosanctum Concilium, assentou as bases de uma reforma geral do Missal Romano.
Nesta Constituição se determina :
* Que os textos e os ritos sejam ordenados de modo a exprimirem com maior clareza as realidades santas que significam(SC 21).
* O Ordinário da Missa seja revisto no sentido de realçar a característica própria de cada uma das suas partes e a sua mútua conexão, e de facilitar ao mesmo tempo a participação piedosa e activa dos fiéis (SC 50).
* Que a mesa da Palavra de Deus seja preparada com mais abundância de fiéis, patenteando-lhes mais largamente os tesouros bíblicos (SC.51).
* Que seja elaborado um novo rito da concelebração, a inserir no Pontifical e no Missal Romano (SC 57).
No que se refere ao Ordinário da Missa, os ritos foram simplificados, sem contudo se lhes tocar na substância. (SC 50).
Assim, foram suprimidas duplicações que se tinham introduzido no decurso do tempo, bem como outros elementos de menor utilidade(SC 50), o que se verifica particularmente nos ritos da apresentação do pão e do vinho, da fracção do pão e da Comunhão..
Por outro lado, seguindo a antiga norma dos Santos Padres, foram restabelecidos certos elementos que, com o tempo, tinham desaparecido (SC 50).
Entre eles, a homilia, (SC 52), a oração universal ou oração dos fiéis (5C 53), o rito penitenciai da Missa, rito este ao qual se restituiu a devida importância.
Além disso, de acordo com as determinações do Concílio Vaticano II que manda se leia ao povo, no espaço dum número determinado de anos, a parte mais importante da Escritura Sagrada(SC 51), o conjunto das leituras dominicais foi distribuído por um ciclo de três anos classificados por A,B e C.
Por outro lado, nos dias festivos mais solenes, a leitura da Epístola e do Evangelho é precedida duma outra leitura, tomada do Antigo Testamento ou, no tempo pascal, dos Actos dos Apóstolos.
Deste modo, é posta mais em relevo a continuidade do mistério salvífico, demonstrada nos próprios textos da divina revelação.
Esta ampla abundância de leituras bíblicas, em que se oferece aos fiéis, nos dias festivos, a parte mais significativa da Sagrada Escritura, é completada ainda com as outras partes dos livros sagrados que se lêem nos dias de semana.
(Extraído da Constituição Apostólica pela qual é promulgado o Missal Romano reformado por decreto do Concílio Vaticano II, dado em Roma no dia 3 de Abril de 1969, Quinta-feira da Ceia do Senhor).
Consultar a Instrução Geral do Missal Romano.
Todos os Missais e leccionários apresentam o Ordinário da Missa para que os fiéis se possam orientar na participação mais activa e consciente da Missa.
No decorrer do Ordinário da Missa, deve-se ter em conta a importância da Liturgia, para que tudo se faça da mesma maneira, sempre e onde quer que se celebre a Santa Missa. 




John




Nascimento







__._,_.___







Atividade nos últimos dias: 




Para cancelar sua assinatura deste grupo, envie um e-mail para:

catolicosacaminho-unsubscribe@yahoogroups.com









Trocar para: Só Texto, Resenha Diária • Sair do grupo • Termos de uso












.



__,_._,___

Nenhum comentário:

Apoio




_

Immaculata mea

In sobole Evam ad Mariam Virginem Matrem elegit Deus Filium suum. Gratia plena, optimi est a primo instanti suae conceptionis, redemptionis, ab omni originalis culpae labe praeservata ab omni peccato personali toto vita manebat.

Cubra-me

'A Lógica da Criação'


Jesus, oculto na Hóstia, é tudo para mim




“Se não fosse a Santa Comunhão, eu estaria caindo continuamente. A única coisa que me sustenta é a Santa Comunhão. Dela tiro forças, nela está o meu vigor. Tenho medo da vida, nos dias em que não recebo a Santa Comunhão. Tenho medo de mim mesma. Jesus, oculto na Hóstia, é tudo para mim. Do Sacrário tiro força, vigor, coragem e luz. Aí busco alívio nos momentos de aflição. Eu não saberia dar glória a Deus, se não tivesse a Eucaristia no meu coração.”



(Diário de Santa Faustina, n. 1037)

Ave-Maria

A Paixão de Cristo