Banner

Jesus Início

Início


Visitas



addthis

Addrhis

Canal de Videos

Rio de Janeiro

Santa Sé






sábado, 1 de fevereiro de 2014

[Catolicos a Caminho] PRÓPRIO DA MISSA E MISSAL ROMANO Som !

 











  • PRÓPRIO DA MISSA E MISSAL ROMANO 




Está em oposição ao Ordinário da Missa e refere-se às partes da Missa que variam de acordo com as festas e solenidades que se celebram.
Há o Próprio do Tempo para as festas e solenidades dominicais e o Próprio dos Santos para as festas dos Santos.
As partes mais importantes do Próprio da Missa são as Orações e toda a Liturgia da Palavra.
Também há festas e solenidades que têm os seus Prefácios e as suas Orações Eucarísticas próprias.
Evidentemente, para podermos acompanhar e viver a Missa é indispensável ter e usar o Missal Romano.


MISSAL ROMANO
Este é o titulo do livro que contém todos os documentos introdutórios, orações e leituras para a celebração da Missa segundo o Rito Romano.
Foi promulgado por Paulo VI em 3 de Abril de 1969, Quinta-Feira Santa, em substituição do Missal de S. Pio V de 1570, chamado o Missal Tridentino.
O recente Concílio Ecuménico Vaticano II, na sua Constituição Sacrosanctum Concilium, assentou as bases de uma reforma geral do Missal Romano.
Nesta Constituição se determina, antes de mais, que os textos e os ritos sejam ordenados de modo a exprimirem com maior clareza as realidades santas que significam (SC 21); depois, que o Ordinário da Missa seja revisto no sentido de realçar a característica própria de cada uma das suas partes e a sua mútua conexão, e de facilitar ao mesmo tempo a participação piedosa e activa dos fiéis; e ainda, que a mesa da Palavra de Deus seja preparada com mais abundância aos fiéis, patenteando-lhes mais largamente os tesouros bíblicos; finalmente, que seja elaborado um novo rito da concelebração, a inserir no Pontifical e no Missal Romano. (Instrução Geral do Missal Romano pag.7).
Hoje em dia há já muitas publicações do Missal Romano quer para todos os dias quer apenas para os domingos e festas mais importantes e que se renova e publica em cada ano, e muito acessível, de modo que muito pode ajudar quem quiser tomar parte na celebração da Missa.
Para um bom católico a Missa dos dias de festa ou de todos os dias, deve ser preparada e isso só se pode fazer se houver, pelo menos um Missal.
Em muitas Igrejas, as pessoas não usam porque não têm um Missal e, mesmo as que o têm nem sempre se servem dele, porque o não entendem, e não o entendem porque nunca lhes foi explicado suficientemente.
Há aqui uma espécie de círculo vicioso : As pessoas não têm o seu missal porque não sabem usar, ou não sabem usar porque não lhe foi explicado.
Um dia perguntei a um sacerdote porque é que as pessoas na sua paróquia não tinham missal, e ele respondeu-me, porque não o sabem usar.
Mas também não me disse que nunca tinha feito qualquer explicação dele aos seus paroquianos.
O Missal tem todo o Ano Litúrgico e podemos com muita antecedência aprender a usá-lo para tomarmos parte activa na celebração da Santa Missa. 


John
Nascimento









__._,_.___







Atividade nos últimos dias: 




Para cancelar sua assinatura deste grupo, envie um e-mail para:

catolicosacaminho-unsubscribe@yahoogroups.com









Trocar para: Só Texto, Resenha Diária • Sair do grupo • Termos de uso














.



__,_._,___

Nenhum comentário:




_

Immaculata mea

In sobole Evam ad Mariam Virginem Matrem elegit Deus Filium suum. Gratia plena, optimi est a primo instanti suae conceptionis, redemptionis, ab omni originalis culpae labe praeservata ab omni peccato personali toto vita manebat.

Cubra-me

'A Lógica da Criação'


Jesus, oculto na Hóstia, é tudo para mim




“Se não fosse a Santa Comunhão, eu estaria caindo continuamente. A única coisa que me sustenta é a Santa Comunhão. Dela tiro forças, nela está o meu vigor. Tenho medo da vida, nos dias em que não recebo a Santa Comunhão. Tenho medo de mim mesma. Jesus, oculto na Hóstia, é tudo para mim. Do Sacrário tiro força, vigor, coragem e luz. Aí busco alívio nos momentos de aflição. Eu não saberia dar glória a Deus, se não tivesse a Eucaristia no meu coração.”



(Diário de Santa Faustina, n. 1037)

Ave-Maria

A Paixão de Cristo