Banner

Jesus Início

Início


Visitas



addthis

Addrhis

Canal de Videos

Rio de Janeiro

Santa Sé






segunda-feira, 27 de janeiro de 2014

[Novo post] Mentir sempre, falar a verdade jamais! Eis o lema do Brasil247 ao tratar o vandalismo black bloc contra a Copa…




lucianohenrique publicou: " Quem for facilmente sugestionável, pode até acreditar que as manifestações contra a Copa são um "movimento de direita", conforme diz a matéria do Brasil247. Leia o texto abaixo, e depois volto: O serralheiro Itamar Santos, de 55 anos, foi a principal" 



Responda a este post respondendo acima desta linha 






Nova publicação em Ceticismo Político 











Quem for facilmente sugestionável, pode até acreditar que as manifestações contra a Copa são um "movimento de direita", conforme diz a matéria do Brasil247. Leia o texto abaixo, e depois volto:


O serralheiro Itamar Santos, de 55 anos, foi a principal vítima da ação de fascistas travestidos de manifestantes que barbarizaram no sábado (26) em São Paulo no protesto denominado #naoveitercopa. O operário tinha no Fusca ano 1975, incendiado no centro da cidade, o suporte para o seu ganha pão. Era com ele que entregava os portões de aço que fabrica.

O pobre serralheiro voltava da igreja junto com mais quatro pessoas no carro, dentre elas uma criança de quatro anos, quando o fato aconteceu. "Teve muito pânico para sair do carro pegando fogo. A criança estava chorando... Naquele local não tinha um policial", relatou Itamar à reportagem do R7.

As fotos acima dão a dimensão do terror vivido pela família, que passava nas proximidades da Praça Roosevelt quando colchões em chamas foram atirados contra o carro. O trabalhador contou que o Fusca foi cercado por pessoas usando lenços pretos para cobrir os rostos. O grupo estava colocando fogo em colchões para interceptar a via e teriam jogado um deles no carro. "Eu acho que são um bando de irresponsáveis", desabafou.

O fusca era o único carro do serralheiro que utilizava o veículo para entregar portões. Itamar ainda não calculou o prejuízo. Após o incêndio, ele voltou para casa de ônibus.

A família comemora o fato de que ninguém tenha se ferido, mas já estuda para processar o Estado para recuperar o prejuízo.

Todo mundo livre

Indiferente ao vandalismo e aos atos de terror na capital paulista, todos os 146 detidos foram liberados na madrugada deste domingo (26). A maioria dos detidos (128) foi encaminhada para o 78º Distrito Policial (DP), nos Jardins. Dezoito foram levados para o 2º DP, no centro.

A manifestação em São Paulo partiu da Avenida Paulista, com concentração às 17h no vão-livre do Museu de Arte de São Paulo (Masp), e chegou ao centro da cidade no início da noite. Houve mobilização em outras capitais.

Parte dos manifestantes foi presa dentro de um hotel na Rua Augusta, quando tentava se refugiar das bombas de gás lacrimogêneo e balas de borracha, conforme imagens de um vídeo amador divulgadas na internet.

O protesto teve a participação do movimento Black Bloc, cujos integrantes usam táticas de ação direta para protestar em manifestações de rua. Um carro da Guarda Municipal Metropolitana foi depredado e agências bancárias da região central foram quebradas.

Nota assinada pelos grupos que compõem a organização do ato explica as razões do protesto. "O levante de junho já mostrou claramente o que os brasileiros já perceberam: os gastos bilionários na construção dos estádios não melhoram a vida da população, apenas retiram investimentos de direitos sociais. Mas junho foi só o começo!", diz texto divulgado pelos manifestantes.

O manifesto lembra que, embora os dirigentes políticos tenham dito, na época, que não era possível atender à reivindicação pela redução da tarifa dos ônibus, "o poder popular nas ruas mostrou que realidades podem ser transformadas". O coletivo destaca que a proposta do grupo é impedir a realização dos jogos e "mostrar nacionalmente e internacionalmente que o poder popular não quer a Copa". (Com Agência Brasil)

Segundo o Brasil247, isso é uma "manifestação de direita". Nem de longe.

Os Black Blocs são formados por militantes do PSOL, PSTU e outros partidos da extrema-esquerda aliados ao PT. Também são aliados de movimentos extremistas como o MST e coisas do tipo. É claro que tem caroço neste angu.

Para investigarmos se os Black Blocs são de esquerda ou de direita, basta observarmos as demandas. Quem é de direita, mas é contra a Copa, quer a redução de gastos estatais. Os Black Blocs, ao contrário, querem usar o dinheiro da Copa para outros gastos estatais, que se tornarão permanentes após a Copa. Isto é, lutam pelo inchaço estatal. Quer dizer, não dá para conciliar as duas agendas.

Pode-se dizer que o quebra-quebra pode prejudicar a popularidade de Dilma, como ocorreu nas manifestações de Junho. Mas isso ainda não constitui uma bandeira "de direita", até por que não existem partidos políticos hoje de direita no Brasil. Talvez o PT tenha redefinido o esquerdismo a "ser petista", mas, convenhamos, isso ultrapassa todas as raias do ridículo.

Os Black Blocs também podem ser extremamente úteis ao PT, dando-lhes pretexto para a implementação de ações totalitárias. Neste caso, assim como os terroristas marxistas ajudaram os esquerdistas moderados a implementarem o totalitarismo com o regime militar, em 1964, os Black Blocs podem ajudar os esquerdistas extremistas a implementar o totalitarismo de novo. Assim, a turma do vandalismo pode servir como uma indústria de pretextos para implementações totalitárias. Fique de olho.

O que importa é notarmos que na divulgação da grande mentira do momento ("os Black Blocs são de direita") há algumas agendas ocultas que motivam mais uma baixaria do Brasil247.















Cancele a assinatura para não receber mais posts de Ceticismo Político.
Altere as configurações do seu e-mail em Gerenciar Assinaturas. 

Problemas para clicar? Copie e cole esta URL no seu navegador: 













Nenhum comentário:




_

Immaculata mea

In sobole Evam ad Mariam Virginem Matrem elegit Deus Filium suum. Gratia plena, optimi est a primo instanti suae conceptionis, redemptionis, ab omni originalis culpae labe praeservata ab omni peccato personali toto vita manebat.

Cubra-me

'A Lógica da Criação'


Jesus, oculto na Hóstia, é tudo para mim




“Se não fosse a Santa Comunhão, eu estaria caindo continuamente. A única coisa que me sustenta é a Santa Comunhão. Dela tiro forças, nela está o meu vigor. Tenho medo da vida, nos dias em que não recebo a Santa Comunhão. Tenho medo de mim mesma. Jesus, oculto na Hóstia, é tudo para mim. Do Sacrário tiro força, vigor, coragem e luz. Aí busco alívio nos momentos de aflição. Eu não saberia dar glória a Deus, se não tivesse a Eucaristia no meu coração.”



(Diário de Santa Faustina, n. 1037)

Ave-Maria

A Paixão de Cristo