Banner

Jesus Início

Início


Visitas



addthis

Addrhis

Canal de Videos

Maria



Rio de Janeiro

Santa Sé






sexta-feira, 21 de fevereiro de 2014

Reze pela Venezuela







Christo Nihil Praeponere


Pesquisa




20/02/2014 15:30 | Categoria: Notícias
Reze pela Venezuela

Venezuelanos vão às ruas pedir a deposição do presidente da Venezuela, Nicolás Maduro. Os protestos, que reuniram estudantes, médicos, donas de casa e até sacerdotes, são pelo fim de um regime ditatorial que já dura mais de uma década.

As ruas da Venezuela têm sido tomadas por milhares de pessoas que, em várias cidades do país, protestam contra o regime socialista e ditatorial de Nicolás Maduro, sucessor e herdeiro do chavismo. O cenário nacional, já transformado há muito por uma política de orientação claramente de esquerda, é desalentador. Por isso, não é a primeira vez que os protestos são assumidos pela população, privada de liberdade e dos recursos mais básicos para a própria sobrevivência.

O país, que vive uma onda de insegurança, com taxas altíssimas de homicídios (o país fechou o ano de 2013 com o número impressionante de 25 mil mortos[1]), enfrenta também, há muito tempo, a escassez de produtos de consumo, como leite, óleo, açúcar, carne e farinha, e também de higiene pessoal. Com a elevação da taxa inflacionária, a imprensa não pode nem mesmo comprar papel para a confecção e distribuição de jornais impressos.

Insatisfeitos com a situação política, econômica e social do país, os venezuelanos foram em massa ao protesto: estudantes, médicos, donas de casa e até sacerdotes saíram às ruas para pedir a deposição de Maduro. E tudo foi realizado de modo pacífico e ordeiro, como explica Graça Salgueiro, no “Observatório Latino”, da Rádio Vox1. “Bastante ao contrário aqui do Brasil, as marchas deles são de fato pacíficas”, conta a jornalista. “Eles vão para as ruas apenas com a bandeira nacional e saem fazendo as cobranças ao governo, com cartazes e faixas”, mas sem “nenhuma coisa que possa provocar alguma agressão, alguma violência”[2].

Do outro lado, porém, a polícia e as milícias chavistas atuaram com dureza na repressão dos protestos. Vários estudantes detidos reclamam ter recebido torturas degradantes por parte da Guarda nacional[3]. “Como sempre, a polícia, que é politizada, aparelhada pelo chavismo, parte para a violência. E violência com armas de fogo”, explica Graça Salgueiro. Em um vídeo que circulou amplamente na Internet, é possível ver como os agentes da Guardia Nacional Bolivariana tratam um dos manifestantes capturados:

Em meio ao clima de instabilidade vivido no país, foram assassinados, na noite do sábado (15), em Valência, dois padres salesianos – Jesús Erasmo Plaza, 79, e Luis Heriberto Sánchez, de 84 anos[4]. Os sacerdotes, apunhalados por dois menores, morreram em circunstâncias estranhas. Em Maracaibo, também um padre foi gravemente ferido pela Guarda Nacional, durante um protesto na Praça da República[5].

Não bastasse a violência com que atuam as milícias do governo, o canal internacional NTN24, que exibia vídeos das manifestações ocorridas no país, foi tirado do ar, sob a alegação de estar violando leis nacionais. O presidente da Comissão Nacional de Telecomunicações (Conatel), William Castillo, afirmou que a página do canal na Internet ficará bloqueada enquanto a rede de televisão continuar com seus “intentos de apoiar ativamente a desestabilização”[6].

Está mais do que claro o cerceamento da liberdade de imprensa e dos próprios direitos fundamentais em solo venezuelano. O povo brasileiro, em solidariedade às pessoas que vivem sob esse regime antidemocrático, de cuja repressão não poucos governantes latino-americanos são vergonhosamente cúmplices[7], deve mobilizar-se para ajudar seus vizinhos, não poupando orações e penitências por eles. O Pray for Venezuela [“Reze pela Venezuela”], lançado na Internet, é um movimento que reúne vários homens de boa vontade, dispostos a implorar a Deus as suas bênçãos para o povo venezuelano.

Também é importante que os brasileiros assinem uma petição criada pelo site CitizenGO, pedindo a intervenção da Organização dos Estados Americanos na Venezuela. A carta, que deve ser endereçada ao secretário-geral da organização, José Miguel Insulza, solicita que “se aplique o mais rápido possível a carta democrática da OEA” no país, já que “a cada minuto direitos são pisoteados, cidadãos são humilhados e uma ditadura se fortalece no poder”. A carta democrática[8] da OEA estabelece, entre outras coisas, que “os povos da América têm direito à democracia”, que “seus governos têm a obrigação de promovê-la e defendê-la” (art. 1º) e que “a liberdade de expressão e de imprensa” é um dos “componentes fundamentais do exercício da democracia” (art. 4º). Para que o texto desse documento não se torne mera letra morta, é muito importante que se assine esta petição.

Para assiná-la, basta entrar no site CitizenGO, escrever o seu nome, o seu e-mail, o nome do país em que mora e clicar em “ASSINE”.

Roguemos a Nossa Senhora de Guadalupe, padroeira da América Latina, que abençoe não só a Venezuela, como todo o nosso continente, e o livre do flagelo do socialismo.

Por Equipe Christo Nihil Praeponere

-

Vídeos recomendados
Referências
Para entender como a ascensão da esquerda socialista na América Latina foi um processo articulado,recomenda-se a leitura das atas do Foro de São Paulo.






Atenção: Os comentários devem ser respeitosos e relacionados estritamente ao assunto do post. Toda polêmica será prontamente banida. Todos os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam, de maneira alguma, a posição do site padrepauloricardo.org. Reservamo-nos o direito de excluir qualquer comentário que julgarmos inoportuno ou que não esteja de acordo com a política do site.

Categorias
+ comentadas

Arquivos
Selecione para abrir

TagsPaz Amor de Deus BatinaComunicação Magistério da Igreja AbortoComunicado Nascimento de Cristo Catequese Egito CulturaSão Mateus Guarda SuíçaVigilantes Virgindade HeresiaSegunda Guerra Mundial São Pedro Padre Raniero Cantalamessa São Francisco de Assis G.K. Chesterton ExortaçãoSacrifício Ideologia GayGustavo Corção UniversitáriosImpério Romano Papa Bento XVI Lei NaturalAdorar a Deus Sim a DeusJovens Utopia Casamento Gay Papa Leão XIII A Luz do Mundo Milagres MasturbaçãoEucaristia Alexandre PadilhaAmizade EsperançaPerseguição Papa João Paulo II Filhos Discurso PLC 122 Profanação Santa MissaPlano Nacional de EducaçãoCultura da Vida Vocação AteuTeólogos Liberais GayzismoSeguir a Cristo Cruz AteísmoExorcismo Confissão Adoração Eucarística PLC 03/2013Pornografia Amor SexualidadeCatecismo Teologia da libertação PT Santo Afonso Maria de Ligório InfanticídioDúvidas Doutrinais VidaConselho Federal de PsicologiaIgreja CatólicaProtestantismo SacralidadeIslamismo Ética moral BatismoAnjos Venezuela ReligiosasTradição Igreja Copta Obras de caridade Perseguição Religiosa VirtudesMisericórdia CaridadeAbortismo JMJ Luta contra o pecado Liberdade de expressãoPapa Educação Respeito Humano Livro Crise no sacerdócio Eventos PLC 103-12Dom Antonio Carlos Rossi KellerIntercessão dos Santos Novo Testamento PudorPoliticamente Correto Fulton J. Sheen RelativismoConversão CrimeMandamentos Política VaticanoGoverno Pureza Ativismo Religioso CNBB SofrimentoPapa Emérito TestemunhoMinistério da Saúde doenças espirituais Nova Ordem Mundial Ecumenismo Cristo da Fé Santos Música Redes Sociais Leonardo BoffPaganismo Plataforma Dom Vincenzo Paglia Juventude VícioLiberdade ReligiosaFeminismo OraçãoMissionário SacramentosSatanás Renúncia do Papado Mundo Dr. Kermit Gosnell Santo Agostinho Pe. Paulo Ricardo Cardeal Odilo Pedro Scherer Leis MídiaHumanae Vitae Dom Héctor Aguer Ideologia de gêneroMaternidade São Josemaria Escrivá Comissão de Direitos Humanos Diálogo FilmesMaterialismo CursosDevoção à Santíssima Virgem Maria Direitos Inalienáveis Congresso Nacional ONU São PauloProvidência Divina Cultura do provisório Estado LaicismoMoral Cristã Bispo Hans Urs von Balthasar Pecado MortalFamília ApostasiaSociedade Papa Pio X GuerraProtesto Conclave Dom Luiz Bergonzini Padres DogmasCorpo Diplomático HedonismoPapa João XXIII EvolucionismoHistória Clínica de AbortoRosário Cardeal Miséria Padre Luiz Carlos Lodi da CruzVirgem Maria Audiência Geral SuporteEvangelizar HomossexualAdoção Padre Paulo RicardoFriedrich Nietzsche MarxismoEstatuto do Nascituro EstigmasPró Vida SacerdócioFecundação In Vitro Projeto de Lei Crítica Morte Eterna Jesus Histórico Síria SocialismoRenuncia São Luís Maria Grignion de Montfort BisposPenitências Terrorismo NatalSecularismo Direção EspiritualSantificação MartírioLiturgia Demônios Concílio Vaticano II Hans KüngIdeologias Salvação SeminárioColégio dos Cardeais Cardeal Raymond Leo Burke Nossa Senhora de Lourdes Dom Jean-Baptiste Chautard ApostoladoAssinatura Matrimônio em criseComunismo Perseguição Ideológica Consagra-teCalvário Pe. Gabriele AmorthCelibato EspiritismoCatolicismo Papa Francisco Cultura da Morte Dilma CastidadeCombate Espiritual FidelidadeFidelidade ao Papa Papa Pio XIIMatrimônio Papa Paulo VIAnticoncepcionais Reforma litúrgica Mensagem Crise de FéOlavo de Carvalho CanonizaçãoDom Celso Marchiori
Newsletter
Seu nome
Seu email

Receba as últimas novidades! Informações sobre novas aulas, notícias e programas (ex: A Resposta Católica, Parresía, Testemunho de fé) em seu e-mail.

CHRISTO NIHIL PRAEPONERE

Eis que vos envio como ovelhas no meio de lobos - Mt 10,16

Todos os direitos resevados a padrepauloricardo.org

Nenhum comentário:

Apoio




_

Immaculata mea

In sobole Evam ad Mariam Virginem Matrem elegit Deus Filium suum. Gratia plena, optimi est a primo instanti suae conceptionis, redemptionis, ab omni originalis culpae labe praeservata ab omni peccato personali toto vita manebat.

Cubra-me

'A Lógica da Criação'


Jesus, oculto na Hóstia, é tudo para mim




“Se não fosse a Santa Comunhão, eu estaria caindo continuamente. A única coisa que me sustenta é a Santa Comunhão. Dela tiro forças, nela está o meu vigor. Tenho medo da vida, nos dias em que não recebo a Santa Comunhão. Tenho medo de mim mesma. Jesus, oculto na Hóstia, é tudo para mim. Do Sacrário tiro força, vigor, coragem e luz. Aí busco alívio nos momentos de aflição. Eu não saberia dar glória a Deus, se não tivesse a Eucaristia no meu coração.”



(Diário de Santa Faustina, n. 1037)

Ave-Maria

A Paixão de Cristo