Banner

Jesus Início

Início


Visitas



addthis

Addrhis

Canal de Videos

Maria



Rio de Janeiro

Santa Sé






domingo, 16 de fevereiro de 2014

Viver em Deus Que seja um verdadeiro amor




Viver em Deus





Posted: 15 Feb 2014 07:00 PM PST











Destrave






Algumas mulheres acusam os homens de insensíveis, incapazes de se entregar por inteiro numa relação a dois. Dizem até que as mulheres amam e os homens se amam. Levando em conta a capacidade que todo ser humano tem de amar e ser amado, não podemos nos esquecer de que somos aquilo que aprendemos a ser. Diferente dos homens, as mulheres aprenderam, desde o berço, a não terem medo de demonstrar seu amor. Foram até estimuladas a sentir medo e expressar suas emoções sem receio. Sem querer ser pessimista, penso que o processo de educar um homem, muitas vezes, o torna insensível à necessidade de demonstrar que ama alguém.






Independente da maneira como fomos criados, todos nós sentimos um "friozinho" na barriga quando a paixão por alguém se intensifica. Isso significa que todo mundo ama, mas nem todo mundo tem coragem de confessar tal sentimento. Preferimos manter uma relação fria, regada a boas noites de prazer, mas sem nos envolvermos emocionalmente, a ponto de não conseguirmos viver mais sem aquela pessoa. É hora de revermos nossos conceitos. Sem amor não há relação que perdure por muito tempo.






Qual o mal que existe em dizer (e demonstrar) que se ama alguém? Para muitos, é sinal de coração mole, pessoa fraca, carente. Os homens têm medo de serem taxados assim. Preferem ostentar a agressividade (que remete ao ser macho) e viver na ilusão do "quanto mais, melhor!". Vamos vivendo a vida para colecionar números de relacionamentos vazios. Chegamos ao fim dos nossos dias sem uma pessoa ao nosso lado, com um grande estoque de amor dentro da gente, que agora não servirá para mais nada. O medo de amar torna o homem pequeno.






Muitos homens aprendem com seus pais que só o prazer importa. São levados por estes, ainda jovens, aos prostíbulos da vida; lá, aprendem a maneira mais baixa de relacionarem-se com alguém. Eles obtêm o prazer do corpo e a insatisfação da alma. São felizes enquanto o momento dura e insatisfeitos quando este passa. Isso não é amor. Amor de verdade produz alegria nos bons e nos maus momentos. Só aprendeu a amar de verdade quem conseguiu compreender as necessidades do coração da outra pessoa.










"Só aprendeu a amar de verdade quem conseguiu compreender as necessidades do coração da outra pessoa"






Quem não acredita no amor que não diga que ama alguém. Se for para amar, que seja de verdade. Talvez a pior dor que o ser humano possa sentir é saber-se amado por alguém que, na verdade, não ama ninguém. Falsidade e amor não combinam. O relacionamento só cresce onde há partilha de sentimentos, onde os dois, de mãos dadas, compartilham os bons e os maus momentos em nome de um verdadeiro amor.






Amor também se aprende. É uma decisão. Basta começar e colocar amor em tudo o que formos fazer. Quem experimentou viver assim, viu que amar não é coisa de covarde, ao contrário, só os corajosos têm coragem de reconhecer-se amável e amado. A nossa educação pode até ter nos mostrado o contrário, mas a vida nos ensina que só quem ama consegue se destacar num mundo tão mesquinho. Quem ama de verdade encontra a verdadeira felicidade.






Conteúdo enviado pelo internauta Paulo Franklin






Veja mais do autor:
























Título Original: Se for para amar que seja de verdade












Site: Destrave


Editado por Henrique Guilhon




Posted: 15 Feb 2014 09:03 AM PST












CNBB






Visando contribuir para a prevenção do tráfico de pessoas e da exploração sexual no país, a Conferência dos Religiosos do Brasil (CRB) desenvolverá ações de conscientização durante a Copa do Mundo de 2014. A campanha "Jogue a favor da vida" foi lançada nesta semana pela CRB, por meio da Rede "Um grito pela Vida", da qual faz parte um grupo de religiosas sensíveis à situação de escravidão de milhares de brasileiros que são vítimas deste tráfico.






Atualmente, a CRB conta com 30.528 religiosas consagradas, 7.580 padres e 2.702 irmãos. O objetivo é convocar todo esse grupo para atuar na campanha preventiva que terá início dia 18 de maio em todas as cidades-sedes da Copa do Mundo até o final do evento. 






"É uma campanha de prevenção e informação. Material impresso, com conceitos e orientações sobre a prevenção das diferentes modalidades de tráfico humano, será distribuído nas rodoviárias, ônibus, aeroportos, hotéis das cidades que sediarão a Copa", explica a coordenadora da Rede, irmã Eurides de Oliveira.












Exploração






Hoje, crianças, jovens e adultos passam por situações de tráfico, sendo impedidos de viver com dignidade. Esse tipo de crime contra a vida gera por ano 32 bilhões de dólares para os traficantes de pessoas. E as copas mundiais acabam sendo ocasiões para a prática deste crime.






Em muitos casos, crianças são adotadas ilegalmente, adolescentes levados para treinos esportivos e acabam sendo usados para exploração sexual de aliciadores. De acordo com irmã Eurides, organizações, núcleos de enfrentamento do tráfico, a Pastoral do Menor, universidades, a Cáritas Internacional e o Ministério da Justiça aderiram à campanha "Jogue a favor da vida".






No Brasil, existem canais para denúncia por telefone, como a Central de Atendimento à Mulher (180) e de Violações aos Direitos Humanos (100).






Fonte: CNBB/CRB






Título Original: CRB lança campanha de prevenção ao tráfico de pessoas na Copa












Site: CNBB


Editado por Henrique Guilhon




You are subscribed to email updates from Viver em Deus

To stop receiving these emails, you may unsubscribe now. 

Email delivery powered by Google 


Google Inc., 20 West Kinzie, Chicago IL USA 60610 

Nenhum comentário:




_

Immaculata mea

In sobole Evam ad Mariam Virginem Matrem elegit Deus Filium suum. Gratia plena, optimi est a primo instanti suae conceptionis, redemptionis, ab omni originalis culpae labe praeservata ab omni peccato personali toto vita manebat.

Cubra-me

'A Lógica da Criação'


Jesus, oculto na Hóstia, é tudo para mim




“Se não fosse a Santa Comunhão, eu estaria caindo continuamente. A única coisa que me sustenta é a Santa Comunhão. Dela tiro forças, nela está o meu vigor. Tenho medo da vida, nos dias em que não recebo a Santa Comunhão. Tenho medo de mim mesma. Jesus, oculto na Hóstia, é tudo para mim. Do Sacrário tiro força, vigor, coragem e luz. Aí busco alívio nos momentos de aflição. Eu não saberia dar glória a Deus, se não tivesse a Eucaristia no meu coração.”



(Diário de Santa Faustina, n. 1037)

Ave-Maria

A Paixão de Cristo