Banner

Jesus Início

Início


Visitas



addthis

Addrhis

Canal de Videos

Maria



Rio de Janeiro

Santa Sé






quinta-feira, 31 de outubro de 2013

ACI Digital: O Papa convoca consistório para criação de novos Cardeais em fevereiro de 2014

Documento sin título










NOTÍCIAS DIÁRIAS · www.acidigital.com 










31 de outubro de 2013 







VATICANO, 31 Out. 13 (ACI/EWTN Noticias) .- O Padre Federico Lombardi, Diretor do Escritório de Imprensa da Santa Sé, anunciou hoje que o Papa Francisco convocou um Consistório em 22 de fevereiro de 2014, para a criação de novos cardeais.



SUGERIMOS HOJE:

CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK

SIGA AS NOTÍCIAS DE ACI DIGITAL PELO TWITER

CONFIRA NOSSO VÍDEO EXCLUSIVO COM O RESUMO DA C ATEQUESE DO PAPA FRANCISCO DESTA QUARTA-FEIRA



MANCHETES DO DIA 











VATICANO 
Estados Unidos teria espionado o Vaticano durante o Conclave 
Um mundo que não acredita em Deus e acusa a religião é um desafio comum para todos os cristãos 
O Papa convoca consistório para criação de novos Cardeais em fevereiro de 2014 
Reconciliação e paz para o Iraque, pede o Papa 

MUNDO 
Bispos sírios sequestrados pela guerrilha já foram localizados, afirma Chefe de segurança do Líbano 
João Paulo II corrigiu o livro no qual foi baseado novo filme sobre sua vida 

CONTROVÉRSIA 
Insólito: Psiquiatras dos EUA aceitam pedofilia como "orientação sexual" 





Católico em Dia 



Evangelho: 





Santo ou Festa: 



Um pensamento: 

"H algo maior do que Deus? H algo maior do que uma alma divinizada? No esta a maior grandeza a qual pode aspirar o homem?"

Santa Teresa dos Andes 













VATICANO 









A HAIA, 30 Out. 13 (ACI) .- O escândalo de espionagem contra diversos governos na Europa por parte da Agência Nacional de Segurança dos Estados Unidos (a NSA), teria sido incluído também o Vaticano, segundo informou nesta quarta-feira 30 de outubro, a revista italiana Panorama.

Segundo a publicação italiana, os Estados Unidos teria espionado chamadas telefônicas da Santa Sé durante o período de Sede Vacante e o Conclave, ao início de 2013.

O artigo assinala que a NSA teria espionado chamadas do Domus Internationalis Paulo VI, a residência onde se hospedou o Cardeal Jorge Mario Bergoglio, durante o período das Congregações, ou seja, as reuniões dos cardeais prévias ao Conclave.

Segundo a revista italiana, chamadas entrantes e saídas da hospedagem de bispos de todo o mundo e também de cardeais residentes no Vaticano teriam sido classificadas pela NSA em quatro categorias: "Intenções de liderança", "Trato para o sistema financeiro", "Objetivo da polícia estrangeira", e "Direitos humanos".

Fundamentando-se na informação, a revista indica que também há suspeitas sobre a espionagem de chamadas relativas à eleição do novo presidente do Instituto para Obras Religiosas (IOR), conhecido como o "Banco do Vaticano", o alemão Ernst Von Freyberg.

Suspeita-se ainda que a NSA teria espionado o Cardeal Bergoglio, hoje Papa Francisco, desde 2005.

Consultado por ACI Digital, o Diretor do Escritório de Imprensa da Santa Sé, Padre Federico Lombardi, desprezou qualquer preocupação do Vaticano pela possível espionagem. 

"Não me preocuparia caso realmente as houvesse", disse o porta-voz.

voltar ao início | comentar a notícia | arquivo


VATICANO, 31 Out. 13 (ACI/EWTN Noticias) .- O Subsecretário do Pontifício Conselho para a Cultura, Dom Melchor Sánchez de Toca, assegurou durante sua visita ao Chile que os cristãos, assim como adeptos de outras religiões compartilham o desafio comum de enfrentar "um mundo que não acredita em Deus e que acusa a religião".

Dom Sánchez de Toca participou do encontro "Átrio de Santiago", uma conversa com Sheij Féisal Mórhell, licenciado em Lei e Cultura Islâmica, e com o rabino Roberto Feldmman, membro da congregação Yakar no Chile, com quem abordou o diálogo inter-religioso como caminho para uma cultura do encontro. O evento foi guiado pelo jornalista Iván Valenzuela.

O "Átrio de Santiago" foi organizado pela Universidade Católica (UC) e pelo Arcebispado de Santiago, com o fim de propiciar um espaço de encontro e diálogo entre crentes e não crentes, sobre temas como a transcendência da arte, a liberdade de consciência, a importância do meio ambiente e o diálogo inter-religioso.

Em uma entrevista concedida ao Grupo ACI, Dom Sánchez de Toca considerou que o diálogo inter-religioso é um tema de suma importância para o mundo de hoje. "Trata-se de um caminho que sancionou o Concílio Vaticano II e que os papas sucessivos dos últimos 50 anos continuaram", indicou.

"Gentis e cristãos podem descobrir consonâncias e harmonias ainda em suas diferenças e podem fazer levantar o olhar a uma humanidade, frequentemente muito curvada sobre o imediato, o superficial, o insignificante para o ser em plenitude", explicou Dom Sánchez de Toca, fazendo referência ao espírito de reunir homens que enfrentam a busca da verdade.

"Mas o problema hoje é provavelmente outro. Já não tanto o diálogo entre os crentes de diferentes religiões, mas principalmente o desafio comum que têm todos os crentes frente a um mundo que não acredita em Deus e que acusa a religião", acrescentou.

Para Dom Sánchez de Toca o mais importante é "superar as formas patológicas da religião: o ‘devocionalismo’ infantil, a superstição e o fundamentalismo (…) O que o mundo pede aos crentes de hoje, sejam cristãos ou de outros credos, é a autenticidade. Quer dizer, que se cremos, que essa fé não seja por uma inércia cultural de séculos, mas sim por convicção; assim como a necessidade de ser coerente com isso que acreditamos", particularizou.

Além disso, o Subsecretário do Conselho Pontifício da Cultura explicou que, no tema do diálogo inter-religioso, o Papa Francisco retomou algumas das grandes intuições de seu predecessor Bento XVI sobre o diálogo com os não crentes. "Faz poucas semanas publicou a carta ao antigo diretor de La Repubblica, que é um conhecido pensador não crente, retomando assim o diálogo sobre o tema da fé com o mundo", comentou.

voltar ao início | comentar a notícia | arquivo


VATICANO, 31 Out. 13 (ACI/EWTN Noticias) .- O Padre Federico Lombardi, Diretor do Escritório de Imprensa da Santa Sé, anunciou hoje que o Papa Francisco convocou um Consistório em 22 de fevereiro de 2014, para a criação de novos cardeais.

O Padre Lombardi indicou que "com ocasião da reunião do ‘Conselho de cardeais’ que aconteceu a inícios do passado mês de outubro (de 1 a 3) e na reunião sucessiva do Conselho do Sínodo (7 e 8 de outubro), o Papa informou aos participantes sobre a sua intenção de convocar um consistório para a criação de novos cardeais com ocasião da festa da Cátedra de São Pedro (22 de fevereiro)".

"O Papa Francisco decidiu comunicar com tempo a sua decisão de convocar este consistório para facilitar também a programação das outras reuniões nas quais participam cardeais de diversas partes do mundo", disse.

O porta-voz do Vaticano assinalou também que "é previsível que o Papa queira que o consistório esteja precedido -como fizeram outras vezes seus predecessores- por uma reunião do colégio cardinalício".

"Antes desta reunião, prevê-se que de 17 a 18 de fevereiro, acontecerá a terceira reunião do Conselho de cardeais (chamado ‘dos oito cardeais’), enquanto depois do consistório, nos dias 24 e 25, será a reunião do Conselho do Sínodo".

"De igual modo, é provável que a próxima reunião do Conselho dos cardeais para os problemas econômicos e organizativos da Santa Sé (o chamado ‘Conselho dos 15’), seja realizada, como nos outros anos no mês de fevereiro, provavelmente durante a semana anterior", concluiu o Padre Lombardi.

voltar ao início | comentar a notícia | arquivo


VATICANO, 31 Out. 13 (ACI) .- Ao concluir a audiência geral de ontem, o Papa Francisco reiterou sua preocupação e proximidade pelo sofrimento do Iraque e convidou a rezar para que cesse a trágica e constante violência, impulsione-se a reconciliação e se afiance a paz nessa nação.

O Santo Padre disse que "No final da Audiência saudarei uma delegação da superintendência iraquiana, com representantes dos diversos grupos religiosos que constituem a riqueza do país, acompanhada pelo Cardeal Tauran, Presidente do Conselho Pontifício para o Diálogo Inter-religioso".

"Convido-vos a rezar pela querida nação iraquiana infelizmente atingida cotidianamente por trágicos episódios de violência, para que encontre o caminho da reconciliação, da paz, da unidade e da estabilidade", exortou.

A Delegação de Superintendências iraquianas do Ministério para os Assuntos Religiosos da República do Iraque, mencionada pelo Papa Francisco esteve participando de uma importante reunião organizada pelo Presidente do Pontifício Conselho para o Diálogo Inter-religioso, Card. Jean-Louis Tauran.

Trata-se da primeira reunião com estas características e com o fim de empreender uma colaboração entre o mesmo dicastério vaticano e as comunidades religiosas iraquianas, e com a perspectiva de instituir um Comitê permanente de diálogo.

Um Comunicado do Pontifício Conselho para o Diálogo Inter-religioso destacou que na reunião, que culmina com o encontro com o Santo Padre e que começou no Vaticano nesta terça-feira, refletiu-se sobre a situação atual das comunidades religiosas na República do Iraque e do diálogo entre elas.

Trata-se da primeira importante reunião que se propõe oferecer uma oportunidade para aprofundar o entendimento mútuo e para avaliar as perspectivas de um maior diálogo. 

voltar ao início | comentar a notícia | arquivo


MUNDO 









ROMA, 30 Out. 13 (ACI) .- 


O general Abbas Ibrahim, chefe da Segurança Geral do Líbano, informou que foi identificado o lugar onde se encontram os dois bispos sírios sequestrados -o grego ortodoxo Boulos al-Yazigi e o sírio ortodoxo Mar Gregorios Yohanna Ibrahim-, e indicou que já tiveram início os "contatos indiretos" com os sequestradores para obter sua libertação.






A agência Fides informou nesta quarta-feira, 30, que o general libanês também confirmou algumas de suas declarações anteriores sobre a complexidade do caso em que estão envolvidos os dois bispos sequestrados.






As novas revelações do general Ibrahim foram publicadas em uma nota publicada nesta terça-feira, 29 de outubro, pelo Departamento Segurança Geral do Líbano. "Há um mês me pus em contato com uma pessoa que me revelou onde estavam detidos os bispos Boulos al-Yazigi e Yohanna Ibrahim, e sobre esta informação comecei as negociações", explicou o militar.






"Nós agora estamos indiretamente em contato com os sequestradores, e isto é um avanço importante que utilizaremos como ponto de partida para obter o resultado desejado", acrescentou.






Os dois bispos metropolitanos de Aleppo (Síria), foram sequestrados no dia 22 de abril deste ano na zona compreendida entre a metrópole síria e a fronteira com a Turquia. Até o momento, nenhum grupo reivindicou a autoria do sequestro.






Fides recordou que na semana passada, durante alguns diálogos mantidos em Doha, capital do Qatar com o patriarca maronita Bechara Boutros Rai e o general Ibrahim, o emir do Qatar, Tamim bin Hamad al-Thani também se comprometeu a fazer todo o possível para favorecer a liberação dos dois bispos.






Líderes religiosos de todo o mundo uniram vozes pelo pronto retorno de ambos, unindo-se ao apelo do Papa e iniciativas pedindo pela paz na Síria, onde desde 2011, quando começou a guerra entre rebeldes e forças do regime de Bashar Al Assad, sabe-se que mais de 100 mil pessoas morreram e outras centenas de milhares tiveram que refugiar-se em outras cidades ou fugir do país.





voltar ao início | comentar a notícia | arquivo


ROMA, 31 Out. 13 (ACI/EWTN Noticias) .- No último dia 17 de outubro foi apresentado em Roma o trailer de "O pároco Karol Wojtyla em Niegowic", um filme baseado em uma novela que o futuro santo corrigiu e que se baseia nos seus primeiros anos como sacerdote.

O roteiro do filme foi adaptado a partir do livro de mesmo nome escrito pelo sacerdote polonês Jarek Cielecki a partir dos testemunhos dos paroquianos da paróquia onde trabalhou pela primeira vez o Padre Karol Wojtyla.

A história acontece na igreja de Niegowic (Polônia), entre os anos 1948 e 1949, onde o beato exerceu a função de vice-pároco.

O filme conta fatos reais da vida de "Karol" através das lembranças de Eleonora, uma mulher polonesa de 87 anos de idade.

"Podemos dizer que a primeira paróquia de um sacerdote é como o primeiro amor de um jovem… algo que sempre recordará, de maneira que o filme reúne testemunhos de paroquianos, orações e muitas outras coisas do Pe. Wojtyla que aconteceram durante esses meses", explicou Mons. Cielecki em uma entrevista concedida ao grupo ACI.

Corria o ano 1997 e antes de publicar seu livro, Mons. Cielecki decidiu enviar o rascunho ao então pontífice. Poucos meses depois o receberia de volta com uma grata surpresa: o Papa Wojtyla tinha corrigido algumas histórias e frases e, além disso, ele acrescentava um prólogo escrito pelo seu Secretário pessoal, o Cardeal Stanislaw Dziwisz.

Anos mais tarde, em 2005 e depois da morte de João Paulo II, Mons. Cielecki decidiu fundar uma agência televisiva onde nasce a ideia de filmar o filme sobre o livro.

O longa-metragem foi filmado por completo na Polônia e nele aparecem objetos que realmente pertenceram ao sacerdote Wojtyla, como a estola e a túnica, dois ornamentos que usou o protagonista Karol Dudek em diferentes cenas.

Mons. Cielecki também foi pároco da mesma paróquia que fala o livro e compartilha com João Paulo II outras histórias. Por exemplo, com motivo do 53º aniversário de sacerdócio do pontífice, decidiu fazer-lhe uma homenagem com um presente relacionado com a sua juventude. Inspirado em uma foto do jovem Karol, organizou um comitê de alunos, sacerdotes e bispos de todo o mundo para solicitar uma imagem de bronze de mais de três metros de altura.

A escultura foi elaborada em Verona e apresentada a João Paulo II em 28 de setembro de 1999: "Santo Padre, queríamos trazer para você uma lembrança da sua juventude, dos inícios de seu sacerdócio", explicou-lhe Mons. Cielecki.

Quando o Papa a viu ficou imóvel e olhando a imagem fixamente disse: "De que juventude está falando? De que memória?".

Depois de um longo silencio, o Papa o olhou, abraçou-o e lhe disse: "Você tem que dizer que eu sou jovem não somente hoje, mas também amanhã e sempre! Você tem que proclamar que quem ama Jesus e Maria será sempre jovem!".

Espera-se que a estreia oficial do filme seja no próximo dia 4 de novembro de 2013 no Teatro Grotteska de Cracóvia.

voltar ao início | comentar a notícia | arquivo


CONTROVÉRSIA 









WASHINGTON DC, 31 Out. 13 (ACI/EWTN Noticias) .- A Associação Americana de Psiquiatria dos Estados Unidos (APA, por suas siglas em inglês) aceitou dentro da quinta edição do seu Manual de Diagnóstico e Estatística das Desordens Mentais a "orientação sexual pedofílica", e a diferenciou da "desordem pedofílica".

Para a APA, a "orientação sexual" pedofílica consiste naqueles que "nunca atuaram em base a seus impulsos".

Conforme informou o site informativo Neon Tommy, auspiciado pela Escola de Comunicações de Annenberg, da University of Southern Califórnia, a decisão da Associação Americana de Psiquiatria dos Estados Unidos deu lugar a que numerosos grupos de defesa da pedofilia ampliem "o alcance de suas organizações".

Tal é o caso, indicaram, de B4U-ACT, uma organização criada em 2003 "principalmente como uma forma para que ‘pessoas atraídas por menores’ sejam abertas sobre as suas preferências sexuais em uma atmosfera de apoio".

"De acordo ao porta-voz e agressor sexual com antecedentes, Paul Christiano, o grupo de defesa da pedofilia está "‘trabalhando para desestigmatizar a comunidade de saúde mental’. Christiano explicou que as atitudes negativas da sociedade para com as pessoas atraídas por menores ‘alcançam a elaboração de políticas e a comunidade de saúde mental’", indicou o informativo.

Caitlin Myers, estudante de doutorado em Sociologia da University of Southern Califórnia explicou ao Neon Tommy que não se pode assegurar que a conduta dos pedófilos fique somente na mente, pois "é cientificamente impossível resolver a pergunta de se as pessoas atraídas por um menor atuarão ou não em base a seus impulsos".

voltar ao início | comentar a notícia | arquivo






PARA CANCELAR A ASSINATURA O INSCREVER UM AMIGO, PREENCHA O FORMULÁRIO AQUI
COMENTÁRIOS OU PERGUNTAS A acidigital@acidigital.com


Nenhum comentário:

Apoio




_

Immaculata mea

In sobole Evam ad Mariam Virginem Matrem elegit Deus Filium suum. Gratia plena, optimi est a primo instanti suae conceptionis, redemptionis, ab omni originalis culpae labe praeservata ab omni peccato personali toto vita manebat.

Cubra-me

'A Lógica da Criação'


Jesus, oculto na Hóstia, é tudo para mim




“Se não fosse a Santa Comunhão, eu estaria caindo continuamente. A única coisa que me sustenta é a Santa Comunhão. Dela tiro forças, nela está o meu vigor. Tenho medo da vida, nos dias em que não recebo a Santa Comunhão. Tenho medo de mim mesma. Jesus, oculto na Hóstia, é tudo para mim. Do Sacrário tiro força, vigor, coragem e luz. Aí busco alívio nos momentos de aflição. Eu não saberia dar glória a Deus, se não tivesse a Eucaristia no meu coração.”



(Diário de Santa Faustina, n. 1037)

Ave-Maria

A Paixão de Cristo