Banner

Jesus Início

Início


Visitas



addthis

Addrhis

Canal de Videos

Maria



Rio de Janeiro

Santa Sé






quinta-feira, 31 de outubro de 2013

Pedofilia: uma orientação sexual?








-

VEJA
/ Blogs e Colunistas






31/10/2013 às 12:41 \ Cultura



Leio que a pedofilia foi reconhecida oficialmente pela American Psychiatric Association (APA) no último DSM como uma “orientação sexual” ou uma “preferência”, e não mais uma desordem. Mais uma bizarrice do mundo atual, pós-moderno, relativista moral, onde “vale tudo” e nada é “errado”.

Falei disso no meu livro Esquerda Caviar, antecipando que os “progressistas” ainda vão conseguir suavizar esse absurdo com o tempo. Alguém ainda duvida? Então não sabe com quem está lidando! Eis o trecho do livro:

O jornal britânico de esquerda, The Guardian, publicou um artigo no começo de 2013 chamadoPaedophilia: bringing dark desires to light, em que até mesmo a pedofilia é tratada como algo quase normal. O jornal deu espaço para Sarah Goode, da Universidade de Winchester, expor sua opinião de que um em cada cinco adultos são capazes, em certo grau, de ser sexualmente despertados por crianças.

Não satisfeita, Goode pensa que a compreensão é o caminho para lidar com a questão, e que permitir que pedófilos sejam tratados como cidadãos ordinários, com os mesmos padrões morais dos demais, respeitando e valorizando aqueles que conseguem escolher a restrição autoimposta, só traria ganhos à sociedade.

Os resultados dessa propaganda esquerdista começam a aparecer. Um rapaz foi preso no interior de São Paulo no começo de 2013 por abusar de seus próprios sobrinhos. No depoimento, apelou para a vitimização: era “vesgo e feio”, e era muita “tentação” trabalhar com aquelas crianças. No mais, ele mesmo fora abusado na infância, segundo alegava. Logo, queria “tratamento”, em vez de prisão.

Os intelectuais de esquerda infantilizaram tanto a humanidade, com a crença de que ninguém mais é responsável pelos seus atos, que chegaram ao limite de tolerar ou mesmo até respeitar os pedófilos! São infantis “inocentes” defendendo os infantis monstruosos. Será que a revolução cultural marxista não tem mesmo limites? Até onde vai na confusão entre liberdade e libertinagem?

Pois é, caros leitores. Melhor manter seus filhos e filhas bem longe dos progressistas moderninhos! A verdadeira desordem psiquiátrica é justamente esse esquerdismo doente, que relativiza tudo e não encontra mais parâmetro algum de comportamento decente.

Tags: esquerda caviar, pedofilia



Links Patrocinados

Produto natural contra os efeitos da menopausa. Pare de sofrer!

Deixe o seu comentário

Aprovamos comentários em que o leitor expressa suas opiniões. Comentários que contenham termos vulgares e palavrões, ofensas, dados pessoais (e-mail, telefone, RG etc.) e links externos, ou que sejam ininteligíveis, serão excluídos. Erros de português não impedirão a publicação de um comentário.

» Conheça as regras para a aprovação de comentários no site de VEJA

Nome (obrigatório)

Email (não será publicado) (obrigatório)








Recomendados para você




Arquivo

OUTUBRO 2013STQQSSD« set 1 2 3 4 5 6



Serviços

Assinaturas

VEJA
25% de desconto 
9 x R$ 47,00

SUPERINTERESSA...
20% de desconto 
9 x R$ 16,15

CARAS
30% de desconto 
6 x R$ 66,00

EXAME
35% de desconto 
9 x R$ 29,80
Veja outras assinaturas, clique aqui.




Nome: Nasc.: E-mail: CEP: Apenas 9x R$ 47,00

Saber +
Serviços
Aponte erros


Editora AbrilCopyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados

Nenhum comentário:

Apoio




_

Immaculata mea

In sobole Evam ad Mariam Virginem Matrem elegit Deus Filium suum. Gratia plena, optimi est a primo instanti suae conceptionis, redemptionis, ab omni originalis culpae labe praeservata ab omni peccato personali toto vita manebat.

Cubra-me

'A Lógica da Criação'


Jesus, oculto na Hóstia, é tudo para mim




“Se não fosse a Santa Comunhão, eu estaria caindo continuamente. A única coisa que me sustenta é a Santa Comunhão. Dela tiro forças, nela está o meu vigor. Tenho medo da vida, nos dias em que não recebo a Santa Comunhão. Tenho medo de mim mesma. Jesus, oculto na Hóstia, é tudo para mim. Do Sacrário tiro força, vigor, coragem e luz. Aí busco alívio nos momentos de aflição. Eu não saberia dar glória a Deus, se não tivesse a Eucaristia no meu coração.”



(Diário de Santa Faustina, n. 1037)

Ave-Maria

A Paixão de Cristo