Banner

Jesus Início

Início


Visitas



addthis

Addrhis

Canal de Videos

Maria



Rio de Janeiro

Santa Sé






quarta-feira, 4 de dezembro de 2013

[Catolicos a Caminho] CASA CONSTRUÍDA SOBRE A ROCHA Som !

 












  • CASA CONSTRUÍDA SOBRE A ROCHA




Não vamos destruir a Família !...







A Liturgia da Palavra de hoje – 4 de Dezembro – A, apresenta-nos o texto final do Sermão da Montanha, que diz assim :

-"Quem escuta a Minhas palavras e as põe em prática é como o homem prudente que edificou a sua casa sobre a rocha".(Mt.7,24).

E depois continua com o inverso :

-"Aquele, porém, que ouve as Minhas palavras e não as põe em prática, é semelhante ao néscio que edificou a sua casa sobre a areia".(Mt.7,26).

Estas palavras têm uma aplicação em todos os factos da nossa vida, mas aoplica-se também de modo especial sobre a construção da nossa Casa ou da nossa família.

E, no Evangelho de Mateus, Jesus apresenta as consequências boas e más para quem não aceita esta doutrina.

É portanto uma oportunidade para fazermos as nossas reflexões sobre a famí9lia, das quais a primeira é a da família que é fundada na base do Matrimónio (ou casamento), que é esta a que é fundada sobre a rocha, para não deixarmos que se destrua a Família.

Embora se reconheça que há várias áreas em que a Doutrina Católica se desenvolveu através dos séculos, o que é verdade é que este assunto da Família lhe mereceu uma importância mais destacada.

A Constituição Pastoral sobre a Igreja no Mundo moderno Gaudium et Spes aponta o Casamento e a Família como uma área de especial cuidado da Igreja no mundo de hoje em todos os aspectos.

Há poucos pontos sobre os quais Jesus tenha falado tão clara e fortemente como a santidade do Matrimónio :

- "Moisés permitiu passar carta de divórcio e repudiá-la" (...), "Devido à dureza do vosso coração". Mas ao princípio da criação, Deus fê-los homem e mulher. Por causa disso, deixará o homem seu pai e sua mãe e passarão a ser os dois uma só carne. Portanto, já não são dois, mas uma só carne. Aquilo, pois, que Deus uniu não o separe o homem..". (Mc. 10,4-9).

A mais adequada imagem da santidade e indissolubilidade do contrato do casamento é o amor de Cristo pela Sua Igreja :

- "Maridos, amai as vossas mulheres como também Cristo amou a Igreja e por ela Se entregou, para a santificar, purificando-a no baptismo da água pela palavra da vida para a apresentar a Si mesmo como Igreja gloriosa sem mancha nem ruga, nem qualquer coisa semelhante, mas santa e imaculada". (Ef.5/25-27).

Entre as muitas coisas que nos diz o Concílio Vaticano II sobre a Família, ele afirma que ela é o fundamento da sociedade :

- "A Família - na qual se congregam as diferentes gerações que reciprocamente se ajudam a alcançar uma sabedoria mais plena e a conciliar os direitos pessoais com as outras exigências da vida social - constitui assim o fundamento da sociedade". (GS 52).

A Família é também essencial para a vida da Igreja, porque é da Família que brotam novos membros que são apresentados para o Baptismo e é dentro da Família que o povo é treinado e educado no conhecimento e na prática da fé.



A Constituição Dogmática sobre a Santa Igreja, Lumen Gentium, depois de afirmar que é da Família que nascem novos cidadãos da sociedade humana, chama à Família a IGREJA DOMESTICA :

- "Na Família, como numa "Igreja Doméstica", devem os pais, pela palavra e pelo exemplo, ser para os filhos os primeiros arautos da fé e favorecer a vocação própria de cada um, especialmente a vocação sagrada". (LG 11).

Os pais são os primeiros professores da fé e da moral de seus filhos, pelo exemplo das suas vidas.

A Constituição Pastoral sobre a Igreja no mundo moderno, Gaudium et Spes, chama à Família uma "Escola de valorização humana" e insiste em que o pai e a mãe são importantes para a formação dos filhos em Cristo :

- "A presença activa do pai contribui poderosamente para a sua formação; mas é preciso assegurar também a assistência ao lar por parte da mãe, da qual os filhos, sobretudo os mais pequenos, têm tanta necessidade; sem descurar, aliás, a legítima promoção social da mulher". (GS 52).




- "Embora se reconheça que a mulher tem os mesmos direi­tos que o homem para exer­cer algumas funções públicas, a sociedade deve ser estrutu­rada de maneira que as esposas e mães não sejam obrigadas a trabalhar fora dos seus lares para que as famílias possam prosperar em dignidade, mesmo que se dediquem a tempo inteiro à família" Familiaris Cansortio)



E, ao falarmos da importância e da dignidade da Família, logo nos reportamos a tudo aquilo que o homem e a sociedade de hoje pretendem fazer para a destruir, acobardando-se impunemente sob falsos princípios que erradamente procuram uma felicidade que, por ser fugaz e ilusória, praticamente não existe.

Estamos a referir-nos ao Aborto, ao Adultério, ao Divórcio, ao Amor Livre, à Homossexualidade, e à falta de Amor e Fidelidade Conjugal.

Os poderes políticos, para serem agradáveis a uma minoria e para fazerem as suas campanhas eleitorais, pretendem enterrar a cabeça na areia para não verem nem sentirem a verdade nem ouvirem a voz da consciência que é a voz de Deus.

E assim vão conduzindo os povos para uma situação que nunca pode ser de paz entre os homens porque é uma negação da obediência à voz de Deus :

- "Aquilo, pois, que Deus uniu não o separe o homem..". (Mc. 10,4-9).

E quando se vive contra a vontade de Deus, vive-se numa situação de rebelião, donde se não pode esperar qualquer espécie de felicidade e bem-estar.

É nesta situação que nós pretendemos viver ?

Demos à Família a dignidade que lhe pertence e teremos a Sociedade que desejamos.

-"Quem escuta as Minhas palavras e as põe em prática é como o homem prudente que edificou a sua casa sobre a rocha".(Mt.7,24).






John
Nascimento











__._,_.___






Atividade nos últimos dias:




Para cancelar sua assinatura deste grupo, envie um e-mail para:
catolicosacaminho-unsubscribe@yahoogroups.com








Trocar para: Só Texto, Resenha Diária • Sair do grupo • Termos de uso













.


__,_._,___

Nenhum comentário:

Apoio




_

Immaculata mea

In sobole Evam ad Mariam Virginem Matrem elegit Deus Filium suum. Gratia plena, optimi est a primo instanti suae conceptionis, redemptionis, ab omni originalis culpae labe praeservata ab omni peccato personali toto vita manebat.

Cubra-me

'A Lógica da Criação'


Jesus, oculto na Hóstia, é tudo para mim




“Se não fosse a Santa Comunhão, eu estaria caindo continuamente. A única coisa que me sustenta é a Santa Comunhão. Dela tiro forças, nela está o meu vigor. Tenho medo da vida, nos dias em que não recebo a Santa Comunhão. Tenho medo de mim mesma. Jesus, oculto na Hóstia, é tudo para mim. Do Sacrário tiro força, vigor, coragem e luz. Aí busco alívio nos momentos de aflição. Eu não saberia dar glória a Deus, se não tivesse a Eucaristia no meu coração.”



(Diário de Santa Faustina, n. 1037)

Ave-Maria

A Paixão de Cristo