Banner

Jesus Início

Início


Visitas



addthis

Addrhis

Canal de Videos

Maria



Rio de Janeiro

Santa Sé






terça-feira, 3 de dezembro de 2013

Voz da Igreja + S. Cosme e S. Damião não são "orixás", "ibejis", "erês" ou demônios - estudo sobre o sincretismo religioso




Voz da Igreja +





Posted: 02 Dec 2013 01:18 PM PST






NÓS, CATÓLICOS, devemos cultivar gratidão e veneração pelos nossos santos, pelo exemplo de vida e de amor a Cristo que foram e são para nós e por continuarem a interceder por nós no Céu, unindo suas orações ao único Mediador de nossa Salvação, Jesus Cristo, Senhor nosso. São Cosme e São Damião foram cristãos mártires pela fé, e são cultuados há muitos séculos (desde 300/400 dC).





Lamentavelmente, no Brasil, o culto desses santos benfeitores foi deturpado através da História, no sincretismo religioso que é típico do paganismo e muito presente nos cultos africanos trazidos pelos escravos a partir do século XVI. O sincretismo religioso é a prática de se misturar elementos e crenças de religiões diferentes, forçando uma harmonia que de fato não existe. No caso que ora tratamos, é pretender dar aparência de "católica" a um sistema de crenças completamente diferente e/ou oposto àquilo que prega o catolicismo de fato...





vozdaigreja.blogspot.com




You are subscribed to email updates from Fiel Católico

To stop receiving these emails, you may unsubscribe now. 

Email delivery powered by Google 


Google Inc., 20 West Kinzie, Chicago IL USA 60610 

Nenhum comentário:

Apoio




_

Immaculata mea

In sobole Evam ad Mariam Virginem Matrem elegit Deus Filium suum. Gratia plena, optimi est a primo instanti suae conceptionis, redemptionis, ab omni originalis culpae labe praeservata ab omni peccato personali toto vita manebat.

Cubra-me

'A Lógica da Criação'


Jesus, oculto na Hóstia, é tudo para mim




“Se não fosse a Santa Comunhão, eu estaria caindo continuamente. A única coisa que me sustenta é a Santa Comunhão. Dela tiro forças, nela está o meu vigor. Tenho medo da vida, nos dias em que não recebo a Santa Comunhão. Tenho medo de mim mesma. Jesus, oculto na Hóstia, é tudo para mim. Do Sacrário tiro força, vigor, coragem e luz. Aí busco alívio nos momentos de aflição. Eu não saberia dar glória a Deus, se não tivesse a Eucaristia no meu coração.”



(Diário de Santa Faustina, n. 1037)

Ave-Maria

A Paixão de Cristo