Banner

Jesus Início

Início


Visitas



addthis

Addrhis

Canal de Videos

Maria



Rio de Janeiro

Santa Sé






sexta-feira, 27 de dezembro de 2013

[Catolicos a Caminho] VIU E ACREDITOU Som !


 











  • VIU E ACREDITOU! 




A Liturgia da Palavra de hoje – 27 de Dezembro – A, Festa de S. João Evangelista, apresemnta-nos a narração do Túmulo Vazio, escrita pelo prórprio João Evangelista, em que ele, um dos que foram ao Túmulo, depois de ver como tudo estava bem arrumado, não acreditou que o corpo de Jesus teria sido roubado, mas, pelo que viu, concluiu : VIU E ACREDITOU
João, era um galileu, filho de Zebedeu, um rico pescador de Betsáida e de Salomé, que mais tarde se viria a consagrar ao serviço de Jesus e dos Apóstolos.
- "Avançando um pouco mais, viu Tiago, filho de Zebedeu e seu irmão João, que estava no barco a concertar as redes, e logo os chamou. Eles, deixando no barco seu pai Zebedeu com os assalariados, seguiram-n'O".(Mc.1/19-20).
Foi educado com seu irmão Tiago na seita dos Zelotes, tornado discípulo de João Baptista, por ele seria encaminhado para Jesus, vindo a ser, bem depressa, um dos membros mais activos do grupo.
Foi Evangelista e escreveu, além do Quarto Evangelho, algumas Epístolas e o Apocalipse.
Foi testemunha da ressurreição da filha de Jairo, da Transfiguração e da Agonia de Jesus no Getsémani.
Foi o discípulo amado e a ele confiou Jesus sua mãe.
-"Ao ver sua mãe e junto dela o discípulo que Ele amava, Jesus disse a sua mãe : Mulher, eis aí o teu filho. Depois disse ao discípulo : eis aí a tua mãe. E desde aquela hora, o discípulo recebeu-a em sua casa".(Jo.19,26-27).
Foi exilado para a ilha de Patmos, no tempo de Domiciano, onde faleceu com 100 anos:
"Eu, João, que também sou vosso irmão e companheiro na aflição, na realeza e na paciência em Jesus Cristo, estava na ilha de Patmos por causa da palavra de Deus e do testemunho de Jesus Cristo". (Apc.1/9).
João foi um dos discípulos que foram ao Túmulo de Jesus e o encontraram vazio, mas que, Viu e acreditou.
A propósito do Túmulo Vazio, diz o Catecismo da Igreja Católica :
640. - "Por que motivo procurais entre os mortos Aquele que está vivo ? Não está aqui, ressuscitou" (Lc.24/5-6). No quadro dos acontecimentos da Páscoa, o primeiro elemento que se nos oferece é o sepulcro vazio. Isso não é, em si, um argumento directo. A ausência do corpo de Cristo do sepulcro poderia explicar-se doutro modo. Apesar disso, o sepulcro vazio constitui para todos um sinal essencial. A descoberta do facto pelos discípulos foi o primeiro passo para o reconhecimento do facto da Ressurreição. Foi, primeiro, o caso das santas mulheres, depois o de Pedro. "O discípulo que Jesus amava" (Jo.20/2) afirma que, ao entrar no sepulcro vazio e descobrir os "lençóis no chão" "viu e acreditou" (Jo.20/2) ;o que supõe ter ele verificado, no estado do sepulcro vazio, que a ausência do corpo de Jesus não podia ter sido obra humana e que Jesus não tinha simplesmente regressado a uma vida terrena, como fora o caso de Lázaro.
João foi o último dos Apóstolos a deixar a terra e o único que não foi martirizado.
É normalmente representado com uma águia, símbolo da sublimidade com que escreveu o seu Evangelho.
A sua festa é em 27 de Dezembro no rito Romano e em 28 de Outubro no rito Bizantino.


****************
S. João Evangelista escreveu também o Apocalipse – ou Revelação – que começa assim:
-"Revelação de Jesus Cristo, que Deus Lhe deu para manifestar aos Seus servos as coisas que brevemente devem acontecer, e que, pelo Seu Anjo enviou e notificou a João, Seu servo".(Ap.1,1). 





John
Nascimento 



















__._,_.___







Atividade nos últimos dias: 




Para cancelar sua assinatura deste grupo, envie um e-mail para:

catolicosacaminho-unsubscribe@yahoogroups.com









Trocar para: Só Texto, Resenha Diária • Sair do grupo • Termos de uso














.



__,_._,___

Nenhum comentário:

Apoio




_

Immaculata mea

In sobole Evam ad Mariam Virginem Matrem elegit Deus Filium suum. Gratia plena, optimi est a primo instanti suae conceptionis, redemptionis, ab omni originalis culpae labe praeservata ab omni peccato personali toto vita manebat.

Cubra-me

'A Lógica da Criação'


Jesus, oculto na Hóstia, é tudo para mim




“Se não fosse a Santa Comunhão, eu estaria caindo continuamente. A única coisa que me sustenta é a Santa Comunhão. Dela tiro forças, nela está o meu vigor. Tenho medo da vida, nos dias em que não recebo a Santa Comunhão. Tenho medo de mim mesma. Jesus, oculto na Hóstia, é tudo para mim. Do Sacrário tiro força, vigor, coragem e luz. Aí busco alívio nos momentos de aflição. Eu não saberia dar glória a Deus, se não tivesse a Eucaristia no meu coração.”



(Diário de Santa Faustina, n. 1037)

Ave-Maria

A Paixão de Cristo