Banner

Jesus Início

Início


Visitas



addthis

Addrhis

Canal de Videos

Maria



Rio de Janeiro

Santa Sé






sábado, 30 de novembro de 2013

[Catolicos a Caminho] NOVEMBRO MÊS DAS ALMAS (30) VISÃO BEATIFICA - Som !

 












  • NOVEMBRO, MÊS DAS ALMAS –




(30) - VISÃO BEATÍFICA –(30-XI-2013)




É o claro, imediato e intuitivo conhecimento de Deus que resulta da felicidade eterna.

Por um acto da inteligência, como o definiu o papa Bento XII em 1336, o bem-aventurado no céu "vê a essência divina por uma visão intuitiva e face-a-face, de modo que a essência divina é conhecida imediatamente, mostrando-se plenamente, claramente e abertamente, e não por meio de qualquer criatura" (DS 1000-2).(cf. CIC 1023).

Não mais o bem-aventurado conhece a Deus pela razão ou pela fé e além disso o conhecimento de Deus é maior do que qualquer outro conhecimento que alguma vez tivéssemos.

As almas dos justos vêem a Deus como Ele é verdadeiramente, isto é, Divino, Uno e Trino.

Os bem-aventurados "vêem" a Deus porque a inteligência é iluminada pela "luz da glória" que produz a correspondente felicidade na vontade.

As almas dos bem-aventurados participam da felicidade divina por verem e conhecerem Deus como Ele é e como Se ama a Si mesmo.

S. Paulo descreve a realidade da visão beatífica :

- "Hoje vemos como por um espelho, de maneira confusa, mas então veremos face a face. Hoje conheço de maneira imperfeita : Então, conhecerei exactamente, como também sou conhecido. Agora subsistem estas três : a fé, a esperança e a caridade; mas a maior delas é a caridade". (1 Cor.13/12-13).

Os Anjos gozam da visão beatífica como Jesus gozava na Sua natureza humana e como Ele viveu na terra.




Diz-nos o Catecismo da Igreja Católica :
1720. - O Novo Testamento emprega muitas expressões para caracterizar a bem-aventurança a que Deus chama o homem: a chegada do Reino de Deus ; a visão de Deus : "Felizes os puros de coração, porque verão a Deus"(Mt.5/8); a entrada na alegria do Senhor ; a entrada no repouso de Deus (He.4/7-11).
Lá descansaremos e veremos; veremos e amaremos; amaremos e louvaremos. É o que acontecerá no fim sem fim. E que outro fim temos nós, senão chegar ao Reino que não tem fim?( S.Agostinho).
1721. - De facto, Deus colocou-nos no mundo para O conhecermos, servirmos e amarmos, e assim chegarmos ao paraíso. A bem-aventurança faz-nos participantes da natureza divina (l Pe. 1/4) e da vida divina. Com ela, o homem entra na glória de Cristo e no gozo da vida trinitária.
1722. - Uma tal bem-aventurança ultrapassa a inteligência e as simples forças humanas. Resulta de um dom gratuito de Deus. Por isso se classifica de sobrenatural, tal como a graça, que dispõe o homem a entrar no gozo de Deus. (cf. 1723-1724).
É esta Visão Beatífica pela qual nós devemos lutar, tornando-nos dignos dela, pelo amor a Deus e pelo nosso testemunho de vida e amor ao próximo.


John
Nascimento




__._,_.___






Atividade nos últimos dias:




Para cancelar sua assinatura deste grupo, envie um e-mail para:
catolicosacaminho-unsubscribe@yahoogroups.com








Trocar para: Só Texto, Resenha Diária • Sair do grupo • Termos de uso











.


__,_._,___

Nenhum comentário:

Apoio




_

Immaculata mea

In sobole Evam ad Mariam Virginem Matrem elegit Deus Filium suum. Gratia plena, optimi est a primo instanti suae conceptionis, redemptionis, ab omni originalis culpae labe praeservata ab omni peccato personali toto vita manebat.

Cubra-me

'A Lógica da Criação'


Jesus, oculto na Hóstia, é tudo para mim




“Se não fosse a Santa Comunhão, eu estaria caindo continuamente. A única coisa que me sustenta é a Santa Comunhão. Dela tiro forças, nela está o meu vigor. Tenho medo da vida, nos dias em que não recebo a Santa Comunhão. Tenho medo de mim mesma. Jesus, oculto na Hóstia, é tudo para mim. Do Sacrário tiro força, vigor, coragem e luz. Aí busco alívio nos momentos de aflição. Eu não saberia dar glória a Deus, se não tivesse a Eucaristia no meu coração.”



(Diário de Santa Faustina, n. 1037)

Ave-Maria

A Paixão de Cristo