Banner

Jesus Início

Início


Visitas



addthis

Addrhis

Canal de Videos

Maria



Rio de Janeiro

Santa Sé






quinta-feira, 28 de novembro de 2013

[Catolicos a Caminho] SINAIS DO FIM DO MUNDO E REGRESSO DO FILHO DO HOMEM Som !

 












  • SINAIS DO FIM DO MUNDO E REGRESSO DO FILHO DO HOMEM




"Então hão-de ver o Filho do Homem vir numa nuvem com grande poder e glória".(Lc.21,27).




A Liturgia da Palavra de hoje – 28 de Novembro – C apresenta-nos o que a Bíblia chama "Cerco e queda de Jerusalém e o Regtresso do Filho do Homem.

A Sagrada Escritura, por mais do que uma vez nos recomenda que estejamos preparados :

- "Vigiai e orai, porque não sabeis em que dia virá o Senhor". (Mt.24/42).

- "Dias virão em que, tudo isto que estais a contemplar, não ficará pedra sobre pedra". (Lc.21/6).

- "Pois vós mesmos sabeis que o dia do Senhor virá como um ladrão, de noite". (Tess.5/2).

Para cada um o fim do mundo chega com a morte e é para isso que é preciso estar preparado.

Quanto aos sinais que anunciarão o fim do mundo, diz S.Lucas :

- "Nos últimos dias, haverá sinais no Sol, na Lua e nas estrelas, e, na Terra, angústia entre as nações, que ficarão perturbadas com o rugido da agitação do mar. Os homens morrerão de pavor, na expectativa do que irá suceder ao Universo, pois as forças celestes serão abaladas. Nessa altura, verão o Filho do homem vir numa nuvem, com grande poder e glória. Quando isto começar a acontecer, endireitai-vos e levantai a cabeça, porque a vossa libertação está próxima". (Lc.21/25-28).

Não é possível saber quando será exactamente o fim mundo porque sinais como estes sempre têm acontecido.

Mas o importante é que cada um, esteja bem preparado para o seu último dia.

O Catecismo da Igreja Católica, ao tratar do julgamento dos vivos e dos mortos, apresenta a doutrina :

674. - A vinda do Messias glorioso está pendente, a todo o momento da história, do seu reconhecimento por "todo o Israel: (Rom 11/16; Mt.23/39), do qual "uma parte se endureceu" (Rom.11/25) na "incredulidade" (Rom. 11/20) em relação a Jesus. É Pedro que diz aos judeus de Jerusalém, após o Pentecostes : "Arrependei-vos, pois, e convertei-vos, para que os pecados vos sejam perdoados. Assim, o Senhor fará que venham os tempos de alívio e vos mandará o Messias Jesus, que de antemão vos foi destinado. O Céu tem de O conservar até à altura da restauração universal, que Deus anunciou pela boca dos seus santos profetas de outrora" (Act.3/19-21). E Paulo faz-se eco destas palavras : "Se da sua rejeição resultou a reconciliação do mundo, o que será a sua reintegração senão uma ressurreição dentre os mortos"? (Rom. 11/15). A entrada da "conversão total dos judeus" (Rom. 11/12) na salvação messiânica, a seguir à "conversão total dos pagãos" (Rom.11/25), dará ao povo de Deus ocasião de "realizar a plenitude de Cristo" (Ef.4/13), na qual "Deus será tudo em todos" (l Cor. 15/2).

675. - Antes da? vinda de Cristo, a Igreja deve passar por uma prova final, que abalará a fé de numerosos crentes. A perseguição, que acompanha a sua peregrinação na Terra, porá a nu o "mistério da iniquidade", sob a forma duma impostura religiosa, que trará aos homens uma solução aparente para os seus problemas, à custa da apostasia da verdade. A suprema impostura religiosa é a do Anticristo, isto é, dum pseudo-messianismo em que o homem se glorifica a si mesmo, substituindo-se a Deus e ao Messias Encarnado.

676. - Esta impostura anticrística já se esboça no mundo, sempre que se pretende realizar na história a esperança messiânica, que não pode consumar-se senão para além dela, através do juízo escatológico. Mesmo na sua forma mitigada, a Igreja rejeitou esta falsificação do Reino futuro sob o nome de milenarismo, e principalmente sob a forma política dum messianismo secularizado, "intrinsecamente perverso".

677. - A Igreja não entrará na glória do reino senão através dessa última Páscoa, em que seguirá o Senhor na Sua Morte e Ressurreição. O Reino não se consumará, pois, por um triunfo histórico da Igreja segundo um progresso ascendente, mas por uma vitória de Deus sobre o último desencadear do mal, que fará descer do Céu a sua Esposa. O triunfo de Deus sobre a revolta do mal tomará a forma de Juízo final, após o último abalo cósmico deste mundo passageiro.

Evidentemente, os sinais do Fim do Mundo não são para nos assustar, porque todos sabemos que o mundo acabará quando Deus assim o entender, mas para nos avisar e nos convencer de que eles nos devem ajudar a fazer a nossa preparação espiritual, em todas as idades, porque não sabemos o dia nem a hora em que isso acontecerá, e Deus quer a nossa libertação.

-"Quando estas coisas começarem a acontecer, cobrai ânimo e levantai as vossas cabeças, porque a vossa libertação está próxima".(Lc.21,28).

É esta a Pastoral do fim do Ano Litúrgico e de todo o Tempo do Advento como princípio de outro Ano Litúrgico.

Temas referentes : Escatologia. Juízo Final. Parusia.



John
Nascimento








__._,_.___






Atividade nos últimos dias:




Para cancelar sua assinatura deste grupo, envie um e-mail para:
catolicosacaminho-unsubscribe@yahoogroups.com








Trocar para: Só Texto, Resenha Diária • Sair do grupo • Termos de uso













.


__,_._,___

Nenhum comentário:

Apoio




_

Immaculata mea

In sobole Evam ad Mariam Virginem Matrem elegit Deus Filium suum. Gratia plena, optimi est a primo instanti suae conceptionis, redemptionis, ab omni originalis culpae labe praeservata ab omni peccato personali toto vita manebat.

Cubra-me

'A Lógica da Criação'


Jesus, oculto na Hóstia, é tudo para mim




“Se não fosse a Santa Comunhão, eu estaria caindo continuamente. A única coisa que me sustenta é a Santa Comunhão. Dela tiro forças, nela está o meu vigor. Tenho medo da vida, nos dias em que não recebo a Santa Comunhão. Tenho medo de mim mesma. Jesus, oculto na Hóstia, é tudo para mim. Do Sacrário tiro força, vigor, coragem e luz. Aí busco alívio nos momentos de aflição. Eu não saberia dar glória a Deus, se não tivesse a Eucaristia no meu coração.”



(Diário de Santa Faustina, n. 1037)

Ave-Maria

A Paixão de Cristo