Banner

Jesus Início

Início


Visitas



addthis

Addrhis

Canal de Videos

Rio de Janeiro

Santa Sé






segunda-feira, 21 de abril de 2014

Frei Clemente Rojão: A Campanha da Fraternidade e a Prestação de Contas da Verba Nacional





























Frei Clemente Rojão



Ortodoxia Católica sem Frescuras!




A misericórdia é grande, mas a penitência é braba!






























quarta-feira, 16 de abril de 2014


A Campanha da Fraternidade e a Prestação de Contas da Verba Nacional


Pe. Marcos Mendes de Oliveira - Temos escutado muito sobre a possibilidade de acompanhar as prestações de contas dos governos através da transparência e da internet. Localizamos muito nossas preocupações e deixamos de lado a possibilidade de acompanhar o que acontece com o dinheiro arrecadado no Domingo de Ramos para a solidariedade da Campanha da Fraternidade.
Mas seria bom cada um de nós acompanhar a prestação de contas apresentada pela Cáritas Nacional e ir procurando entender o que diz aquela prestação de contas. Difícil entender, porque implicaria em conhecer também a realidade dos grupos que recebem as verbas, que muitas vezes torna mais complicado saber do valor e da importância de determinada doação ou não.
Arrisco-me a minha leitura.
A prestação de contas da Cáritas Brasileira de 2013, dentre tantas informações, diz que repassou o valor de R$ 28.600,00 para a Agência de Notícias Adital, que inclusive tem sua logomarca estampada no início da página dos apoiadores da Cáritas no país.
Quem desejar saber o que é a Agência de Notícias Adital, o melhor é abrir o seu site e tirar suas próprias conclusões. Dou-me o direito também de tirar as minhas.
É uma agência comprometida com a justiça social, tendo como espécie de fundador Frei Betto e dentre tantos colaboradores Leonardo Boff. Quer dizer, um grupo que luta pela justiça social na linha da teologia da libertação. Na agência circulam grandes estrelas que comungam com essa perspectiva.
Na parte "Quem somos" no site da Adital, você encontra lá os seus financiadores. A surpresa é que além do dinheiro da Campanha da Fraternidade Nacional – Fundo de Solidariedade Nacional – Cáritas Brasileira – CNBB, ela recebe também dinheiro da Conferência Episcopal Italiana, dos católicos alemães – Misereor, dos católicos da França, da Suiça, e de outras fontes também internacionais e nacionais. Quer dizer, não é peixe pequeno não, é peixe grande, que se alimenta de verbas dos católicos do mundo inteiro.
Até aí nenhum problema, porque é importante a soma dos esforços para superar os graves desafios do mundo. Mas nas janelas do site, você pode conferir "Mulheres e gênero", tem uma longa lista de textos nesta área de militância. Aí os espaços são concedidos para diversos grupos que militam no mundo inteiro a favor do aborto, dentre outros as Católicas pelo Direito de Decidir (o aborto).
Estranho que o espaço esteja tão livre para CDD, já que as mesmas recebem dinheiro dos grandes grupos capitalistas do mundo. Como é que a Adital vive com críticas contra o neoliberalismo e seus aliados recebem verbas do capital internacional? Mas com uma boa interpretação tudo pode se explicar, quem sabe? Com uma hermenêutica elástica, tudo é possível!
Vamos nos deter no dinheiro dos católicos do Brasil. Como é que o dinheiro da CF vai para um grupo como este?
Podemos encontrar diversas explicações, se é que elas existem.
O pessoal fala que vai defender os pobres, todo mundo acha bom, bate palmas e repassa o dinheiro. Mas não conferem se o grupo tem ou não tem outros tipos de militância, como por exemplo, a favor de aborto.
O dinheiro da CF é repassado para Cáritas e todo mundo acredita na seriedade da administração do dinheiro, assim nenhum católico se dá o direito de conferir se o dinheiro não está indo para grupos questionáveis. É aquela coisa, todo mundo confia em todo mundo e ninguém acha que dentro da Igreja vai ter alguém compactuando com aborto, por isso, todo mundo fica tranquilo e feliz de fazer sua oferta generosa no Domingo de Ramos.
O próprio pessoal da Cáritas Brasileira diz que a Adital é uma aliada na defesa da vida. Claro, falam tanto sobre justiça social, que os menos avisados faltam conferir o empenho dos colaboradores na luta pela descriminalização do aborto.
Na verdade, isto não é explicação. Tenho dito sempre: lutar pelo direito dos pobres não me dá aval para lutar a favor de aborto. Defesa da vida e militar a favor de aborto?!
Uma outra forma de explicar é que a agência de notícias é apenas um espaço de notícias, quem quiser se colocar contra ou a favor pode enviar o seu texto. É uma espécie de debate intelectual, onde os administradores da Adital não são responsáveis por aquilo que qualquer estudioso diga. É uma forma de dizer que é a favor do debate sem ter responsabilidade com nada do que é dito.
Aquela velha neutralidade científica dizia que os estudiosos não tinham responsabilidade sobre suas pesquisas, invenções e artefatos. Hoje a filosofia mais básica não retira a responsabilidade de quem está envolvido com determinadas produções.
Na militância por uma causa, uma palavra, um artigo, uma carta, uma notícia pode valer muito. Um artigo pode desmobilizar a campanha a favor da vida e justificar muitas consciências no erro. Para mim foi o caso da palavra de Dom Demétrio Valentim (Diretor-Presidente durante 16 anos da Cáritas Brasileira) nas eleições de 2010. Naquelas eleições colocou-se claramente contra os Bispos do Sul 1 (dentre eles. D. Luiz Gonzaga Bergonzini) que criticavam a política abortista do PT. O texto foi veiculado na Adital.
Grupos da Igreja optaram por uma palavra de apoio ao PT, sem levar em consideração o grave problema das crianças nos ventres de suas mães. Um simples artigo ajudou muito a desmobilização corajosa dos Bispos do Sul 1.
Estes textos foram fotocopiados e distribuídos na Faculdade Católica de Fortaleza por pessoas ligadas à Adital. Você vai me dizer que isto é apenas espaço de estudo e que não é militância? Mas tudo explica a hermenêutica elástica.
Falar contra aborto para muitos é coisa de direita. O fato da gente criticar o aborto não significa concordar com a direita. Posso ser profundamente a favor dos pobres e também contra o aborto, posso ser contra a política neoliberal e ser também contra aborto. É um tema que extrapola os limites dos pequenos conceitos que temos na política.
Mas percebe-se a fragilidade da esquerda, tanto na política como dentro da Igreja, através de muitas pastorais sociais, quanto ao tema da defesa da vida nos estágios iniciais. Honre-se aqui a Pastoral da Criança, que através de Dona Zilda Arns, tinha uma palavra contrária ao aborto. Dizia com seu sorriso maravilhoso: Vamos nos localizar em propostas positivas!
Diz Jungen Habermas, filósofo alemão, ateu, no seu texto: O futuro da natureza humana, que uma sociedade que não respeita os momentos iniciais da vida coloca em questão a sociedade democrática. Diga-se novamente: um ateu.
Democracia é o espaço dos direitos humanos. Como falar em defesa dos direitos humanos se o primeiro direito é deixado de lado: o direito de viver?
É palavra de Habermas no mesmo texto, que a filosofia do gênero não resolveu sua contradição básica: querer defender o direito da mulher pelo uso do seu corpo e não resolver o direito de viver de outro ser humano. Diga-se que é um alemão, que vem de uma sociedade marcada pela luta do gênero.
Diz ainda mais, que ninguém pode considerar as células iniciais humanas como um aglomerado de células quaisquer, nem por crentes, nem por ateus. Mas este é um argumento muito difundido entre as feministas, para justificar o aborto nas fases iniciais da vida.
O Magistério por sua vez fala claramente a respeito contra o aborto. É o que temos no texto do Vaticano II, na Constituição Pastoral Gaudium et Spes 51,3: "o aborto e o infanticídio são crimes abomináveis". No documento da Conferência Geral do Episcopado Latino-Americano e do Caribe, em Aparecida, temos o n. 40:
"Entre os pressupostos que enfraquecem e menosprezam a vida familiar, encontramos a ideologia de gênero segundo a qual cada um pode escolher sua orientação sexual, sem levar em consideração as diferenças dadas pela natureza humana. Isso tem provocado modificações legais que ferem gravemente a dignidade do matrimônio, o respeito ao direito à vida e a identidade da família."
O Pontifício Conselho para a Família lançou o volume "Lexicon – temas ambíguos e discutidos sobre família, vida e questões éticas, edições CNBB. O Conselho Pontifício denuncia diversos problemas ligados à ideologia do gênero. Dentre tantos textos do Lexicon, Jacques Suaudeau, Partial Birth Abortion, comenta que a luta do aborto é para ser estabelecido até o momento das dores de parto da mulher. Por isso mesmo, padres que concordam com esta luta, tem afirmado que a vida começa com o nascimento – critério completamente distante do Magistério.
Mas através de e-mail, um representante da direção da Cáritas Brasileira disse-me que a Adital "concorda plenamente com o ensino oficial da Igreja". Respondi que isto era considerar "um bom exercício de hermenêutica questionável", diria mais, de uma hermenêutica bastante elástica e forçada.
A Adital caminha ao lado do CEBI aqui em Fortaleza. Este outro é também um grupo que participa nacionalmente pela luta a favor do aborto. A Adital recebe dinheiro da CF Nacional, e o CEBI-CE recebe dinheiro da diocese onde estou. (Era bom conferir se os grupos regionais do CEBI em outros lugares recebem também dinheiro da CF diocesana, do Fundo Diocesano de Solidariedade). Muitos que participam do CEBI desconhecem o engamento dos seus dirigentes na luta a favor do aborto, até alguns assessores de Bíblia que lá vão para ajudar.
(Para maiores esclarecimentos, acesse Assembleia Nacional do CEBI, ou coloque no mecanismos de busca CEBI Aborto, e você verá claramente o compromisso nacional do Centro Ecumênico de Estudos Bíblicos pelo aborto no país).
Eles podem falar claramente a favor do aborto, mas se a gente não concorda começam a nos desqualificar com velhos argumentos: é direita, é infantil, é machista, é isso, é aquilo. Para marinheiros de primeira viagem pode funcionar como um tapa-boca. Mas não se deixe intimidar não, se você discorda da proposta a favor do aborto procure organizar seus argumentos e expresse também sua opinião. Não vivemos numa democracia? Não temos também o direito de dizer o que pensamos?
São estas jóias raras que estão recebendo ajuda da Campanha da Fraternidade no país. Os católicos na sua grande maioria não concordam com isto, ouvem propagandas de ajudas para injustiças sociais e enviam as ajudas e acontece certos problemas no meio do caminho. Considero que este tipo de apoio é uma traição à comunidade católica do país. Uns por acharem a coisa tão absurda consideram que estas informações são para denegrir a imagem da Igreja Católica. Muito pelo contrário, porque amo a Igreja Católica e a ela sirvo, é por isso que não compactuo com este tipo de ação.
As Católicas pelo Direito de Decidir (o aborto) lutam para que a Igreja mude o Magistério, porque é a única instituição que tem textos claros contra o aborto. Elas militam dentro da ONU para enfraquecer a posição da Santa Sé no mundo e assim atingir seus objetivos. Se elas não conseguiram mudar o texto escrito do Magistério, a Campanha da Fraternidade diz que na prática o magistério já mudou para muitos.
Agradeço a atenção por escutar minha simples opinião sobre o assunto!



Pe. Marcos Mendes de Oliveira - Doutor em Teologia Moral



Postado por Frei Clemente Rojão OAAO
Enviar por e-mailBlogThis!Compartilhar no TwitterCompartilhar no FacebookCompartilhar no OrkutCompartilhar com o Pinterest



Reações:


3 comentários:


Roger16 de abril de 2014 15:22

+ 1 de olho na CNBB - Pe Marcos!
Veremos, quando a CNBB apresentar os valores arrecadados, se houve diferença a menos do ano passado.
Ao menos, em vários sites, não houve um só que discordasse em ponto algum que se repassarem valores á CNBB, idem os comentários de ponta a ponta, pois a credibilidade atual dela como católica beira a zero, sendo mais tida como trampolim ao poder para os socialistas que tudo.
Quem poderia também acreditar nas quantias recebidas, de repasses a dioceses e noutras contas apresentadas?
Portanto, porque estaria estaria aparelhada pelos vermelhos, parecendo que dessa forma quer se manter, bom seria que os católicos a esquecessem.Responder



Pedro Erik16 de abril de 2014 18:01

Os americanos gostam de dizer que basta "follow the money" para achar os culpados.
Eu acrescentaria, olhando para o que acontece com o mundo e lembrando que Cristo falou que este mundo não é o Dele, que poderíamos escrever: "follow the money and you will find a communist (atheist)". (siga o dinheiro e encontrá um comunista (ateu).

Como comunista gosta de dinheiro!Responder



Anônimo17 de abril de 2014 13:54

O importante de tudo isto é ver que os esquerdistas, que até então vinham implantando seus projetos sem resistência nenhuma, agora começam a ser denunciados de dentro dos lugares em que estão infiltrados. É claro que apesar de terem conquistando bastante terreno (no governo, nas redações de jornais e nas instituições religiosas cristãs), esta pequena resistência que, por hora, se oferece será considerada por eles uma perseguição implacável. Estejamos preparados para ouvir estas queixas em seus discursos.Responder








Ortodoxia católica sem frescura. A misericórdia é grande mas a penitência é brava. Estamos em comunhão com o papa Francisco e os bispos, com a sucessão apostólica, a tradição e a escritura. Naturalmente o autor procura ser catequético naquilo que é doutrina católica e adere firmemente a ela. No mais, naquilo que é assunto livre, segue e expressa sua opinião com franqueza.

Aviso: este blog está amparado no artigo 212 do Código de Direito Canônico corrente, inclusive às eventuais críticas públicas e abertas à hierarquia eclesiástica.

Aos comentaristas: Este é um blog católico... e dos bons. Aqui o ombro é amigo, mas o coice é certeiro. O autor fez voto de boçalidade: Comentários cretinos serão respondidos setenta vezes sete mais cretinamente ainda. Fale o que quiser e espere ouvir o que não quiser.

(Por FMB) "Três coisas sobre cada ponto de discussão que eu gostaria que todo ativista respondesse separadamente, ao cacarejar, quer dizer, deixar um comentário no meu blog ou no meu facebook:

1) O que você entendeu do que eu disse?
2) O que significa o que você está dizendo?
3) Por que o que você está dizendo refuta o que eu disse?"



Links para esta postagem

Criar um link
Postagem mais recentePostagem mais antigaInício

Assinar: Postar comentários (Atom)



Gesto concreto da Campanha da Fraternidade 2014





Nosso Pai Fundador


Santo Amúlio da Sogdiana



Para os Curiosos




Pesquisar neste Blog








Em Obediência e Comunhão com o Papa


Tu es Petrus!



Em comunhão (quando dá) com

Sua Excelência Reverendíssima Dom Tersites Wilson Câmara Marques de Montfort, Bispo da Diocese deAnhangá-Açu



A Verdade sobre o Comunismo

Não se deixe enganar por molestadores intelectuais e ideólogos disfarçados de professores. O Frei selecionou literatura fiel para se estudar a verdade sobre os maiores assassinos da humanidade



Frei Rojão no Twitter @FClementeRojao




Frei Rojão no Facebook





Ocorreu um erro neste gadget



Atendimento Virtual

Dúvidas? Heresias? Cismas? Ou não muito?

* O único doutor da Igreja que seu pároco cita é Leonardo Boff?
* O grupo de música paroquial é quem decide o que se segue ou não no missal?
* O bispo diocesano não te ouve e acha que tudo vai bem?
* As paróquias estão vazias e os evangélicos só aumentam?
* A sua missa dominical mais parece um show do NxZero?
* Você sente que os seminaristas são meio... hum... assim... delicados?
* Na catequese te ensinaram que Santo Daime e Eucaristia são equivalentes?
* Para você, Quaresma é o outro nome complicado do tempo da Campanha da Fraternidade?
*Você aceita o Concílio de Nicéia, mas nega o Vaticano II e não vê nenhuma contradição nisso?
* Sente-se um excluído por não rezar ainda para São Hélder Câmara?
* A sua espiritualidade consiste em repetir XIRALALAIA XIRALALAIA XIRALALAIA e dizer que é oração?
* Tem a ilusão de que antes do Vaticano II havia uma idade de ouro na Igreja e tudo se corrompeu depois?
* " Confissão??? Ainda existe isso??? "
* Seu bispo não vê contradição nenhuma em apoiar o governo abortista da Dilma Rousseff e ser católico?

Escreva para o Frei:freirojao@gmail.com - Ombro amigo mas coice certeiro. Deus é paciente, já o Frei nem tanto.

E, pela milésima vez, não contem seus pecados por e-mail, que a confissão só vale presencial!!!





Ordem Terceira Amuliana




Arquivo

2014 (171)
Abril (22)
O fracasso dos Herodes
Sábado santo: A mais desoladora das noites...
Feliz e Santa Páscoa!!!
A Campanha da Fraternidade e a Prestação de Contas...
Santa Ignorância
Resultados da Coleta da Campanha da Fraternidade
É este domingo! Não desperdice caridade! Não doe n...
O Especialista em jogo sujo
Vamos cassar quem quer cassar nossas garantias con...
Casamento gay: A flagrante inconstitucionalidade d...
Próximo domingo, cuidado com o que você doa como G...
Mentes insanas em corpos sanos - II
O jogo político não tolera inocentes!
Caindo no Conto do gênero
Guerra cultural pelos fundos
São José de Anchieta, rogai por nós e pelo nosso B...
São José de Anchieta, Rogai por Nós!!!
A ironia no Brasil precisa de prefácio explicativo...
O papa versus o Formalismo
Em que Constantino detona o hipócrita do Duvivier
Cuidado com as calendas de abril!!!
É tudo formação de pessoas
Março (59)
Fevereiro (45)
Janeiro (45)
2013 (387)
2012 (211)
2011 (73)
2010 (127)



Repudiamos o trabalho escravo bolivariano!




Palavras-Chave
desculpas mundanas(99) tempos ruins (87)práticas esdrúxulas(72) depravação (67)politica (58) clero (54)hipocrisia (50) história (41)Arquitetura da Destruição (37)Roma locuta (33) catequese (28)perseguição à Igreja (26)PresidANTA Dilma figa (24)avisos paroquiais (24) conselhos(24) teologia da Libertação (22) O chefe dos católicos (21)apologética (21) sindicalismo gay(20) intrigas paroquiais (18)politicamente correto (18) Diabo(17) CNBB (16) Salomé (16) Política(15) Teologia da Libertaçao (13)Jornada Mundial da Juventude 2013(12) Ordem Amuliana (12) cisma (12)eleições (12) estatolatria (12) liturgia(12) Política Eclesiástica para Conservadores (11) vocacional (11)Conclave (10) teoria da conspiração(10) Nota do Frei (8) Chavez morto (7)Memento Mori (7) União Eurasiana (7)escravos cubanos (7) hagiografia (7)teologia (7) Roma llocuta (6) Islã (5)consultório sentimental (5) meta-posts(5) Medjugorje (4) Retiro (4) exegese (4)Filosofia (3) O "chefe" dos católicos (3)dogma (3) Aparições (2) Chalita (2)Paulo Freire (2) pobrismo (2) Alívio artístico (1) Egito (1) ateísmo (1) economia (1)feminismo de hipocrisia (1) pet-blocks (1)



309,105

















Nenhum comentário:

Apoio




_

Immaculata mea

In sobole Evam ad Mariam Virginem Matrem elegit Deus Filium suum. Gratia plena, optimi est a primo instanti suae conceptionis, redemptionis, ab omni originalis culpae labe praeservata ab omni peccato personali toto vita manebat.

Cubra-me

'A Lógica da Criação'


Jesus, oculto na Hóstia, é tudo para mim




“Se não fosse a Santa Comunhão, eu estaria caindo continuamente. A única coisa que me sustenta é a Santa Comunhão. Dela tiro forças, nela está o meu vigor. Tenho medo da vida, nos dias em que não recebo a Santa Comunhão. Tenho medo de mim mesma. Jesus, oculto na Hóstia, é tudo para mim. Do Sacrário tiro força, vigor, coragem e luz. Aí busco alívio nos momentos de aflição. Eu não saberia dar glória a Deus, se não tivesse a Eucaristia no meu coração.”



(Diário de Santa Faustina, n. 1037)

Ave-Maria

A Paixão de Cristo