Banner

Jesus Início

Início


Visitas



addthis

Addrhis

Canal de Videos

Maria



Rio de Janeiro

Santa Sé






terça-feira, 21 de janeiro de 2014

Lourdes e suas aparições: “O mais recente milagre reconhecido em Lourdes” plus 3 more






O mais recente milagre reconhecido em Lourdes 
Por que Jesus quis fazer os milagres de Lourdes num santuário de Nossa Senhora e não num santuário d’Ele? 
Nossa Senhora de Lourdes enquanto Medianeira de todas as graças 
A Gruta de Lourdes reabriu este sábado às 10:30 hs (horário de Brasília) 



Posted: 22 Jul 2013 12:29 PM PDT





Daniela Castelli em sua casa





A beneficiada pelo 69º milagre de Lourdes canonicamente reconhecido é a italiana Daniela Castelli.




Ela nasceu em 16 janeiro de 1946 na cidade de Bereguardo, Itália, é casada, mãe de família e mora em Pavia, Itália.




Até os 34 anos de idade levou uma vida normal, quando começou a padecer de crises de hipertensão (pressão alta) espontâneas graves.




Em 1982, exames radiológicos e ecografias revelaram a existência de um tumor para-uterino e um útero fibromatóide 




Danila foi objeto então de uma histerectomia (ablação do útero) e de uma anexectomia (excisão de anexos uterinos). 




Sua situação foi piorando e em novembro de 1982 ela foi objeto de uma ablação parcial do pâncreas. 










"Estava desenganada pelos médicos,

mas em Lourdes fiquei curada"


No ano seguinte, uma cintilografia (exame que permite a visualização de órgão) confirmou a presencia de "feocromocitomas" (doença tumoral que produz catecolaminas, ou tumores raros que se desenvolvem na região medular das glândulas suprarrenais) na região do rectum, da vesícula e da vagina.




Até 1988, passou por diversas intervenções cirúrgicas com o objetivo de eliminar os focos que provocavam as crises de tensão arterial. Porém, o efeito foi nulo.




Desde 1983, Danila começou a peregrinar todo ano a Lourdes.




A peregrinação de 1989 parecia ser a última. Ela passava muito mal. "Estava desenganada", conta ela.




Mas, foi nessa romaria em que tudo parecia perdido, quando ela tinha 43 anos e após 9 anos de sofrimentos continuados, que Nossa Senhora lhe concedeu o milagre.




No dia 4 de maio, Danila tomou banho nas piscinas do santuário obedecendo ao pedido de Nossa Senhora transmitido por Santa Bernadette: "a Senhora me disse que eu deveria beber da fonte e lavar-me nela".




Naquele momento sentiu um bem-estar extraordinário.







D. Giovanni Giudici, bispo de Pavia, decretou o milagre


A seguir, ela se apresentou ao Escritório de Constatações Médicas de Lourdes (Bureau des Constatations Médicales de Lourdes) e declarou o que lhe tinha acontecido.




Como é de praxe, foi analisada, teve que fornecer os resultados dos exames antes e após a cura extraordinária e responder a todas as perguntas médicas.




O Bureau realizou cinco reuniões (em 1989, 1992, 1994, 1997 e 2010 respectivamente) e acabou constatando a cura inexplicável pela ciência.




Os médicos tiveram ainda que votar o caso e com um voto formal e unânime declararam:





"A Sra. Castelli esta curada de maneira completa e durável, desde sua peregrinação a Lourdes em 1989, do síndrome que ela sofria, e isto sem relação com as intervenções e tratamentos médicos".




Desde a data do milagre, Danila Castelli retomou uma vida totalmente normal.




O caso de Danila foi então para o Comité Médico Internacional de Lourdes – CMIL (Comité Médical International de Lourdes).











O CMIL é uma espécie de segunda instancia médica que revisa e critica a decisão dos médicos do Escritório de Constatações Médicas de Lourdes, que é uma espécie de primeira instância. Os médicos do CMIL não tem relação com o Escritório de Lourdes e é composto de outras autoridades, que muitas vezes moram no exterior.




Por fim, o CMIL, reunido em Paris, em 19 de novembro 2011, confirmou e certificou:





"que o modo da cura continua sendo inexplicável no atual estágio dos conhecimentos científicos".




A ciência havia dado sua última palavra. Depois disso, era o momento da Igreja falar, pois o milagre é um fato religioso e só a autoridade diocesana do beneficiado é capaz de se pronunciar a este respeito.




No caso concreto, a responsabilidade recaia no bispo de Pavia, que ainda entregou o caso à análise de uma comissão teológica-médica. O resultado foi a aprovação plena.







Hoje Danila também é voluntária em Lourdes para ajudar os doentes


Diante das evidências e sem temer as críticas dos céticos e da cristianofobia, no dia 20 junho de 2013, Dom Giovanni Giudici, bispo da diocese de Pavia (Itália) onde mora Danila Castelli, declarou o caráter "prodigioso e milagroso" e a categoria de "sinal" de dita cura.




Este é a 69ª cura de Lourdes reconhecida milagrosa por um bispo, de forma canônica, quer dizer de acordo com a lei da Igreja, não havendo mais razão para se duvidar dela.




Hoje Danila também é voluntária em Lourdes para ajudar os doentes.




Quem sabe o leitor romeiro em Lourdes passou ao lado dela e não chegou a perceber, de tal maneira o sobrenatural impregna o ambiente do santuário.













Video: o médico fala como foi o milagre



















Video: Daniela conta todo sobre o milagre




































Posted: 16 Jul 2013 09:00 PM PDT





O Sagrado Coração de Jesus poderia fazer

os milagres de Lourdes no Santuário de Paray-le-Monial,

mas escolheu a Gruta de Nossa Senhora.

Veja por que. 


As aparições de Lourdes se inserem numa série de aparições de Nossa Senhora no século XIX, que culminam com Fátima e a afirmação do Reinado de Maria. 




A aparição de Lourdes, portanto, está num pontilhado de aparições que, nas noites extremas de nossos dias, são como que uma clarinada anunciando que o Reino de Maria virá.




Em cada uma dessas aparições, está presente a ideia da mediação universal das graças e do Reinado de Maria.




Mas isso em Lourdes se pode dizer debaixo de um título especial.




Nosso Senhor poderia ter dado essa fecundidade estupenda de milagres a um santuário d'Ele.




Na França, por exemplo, há um santuário magnífico consagrando uma devoção estupenda a Ele, que é o Santuário de Paray-le-Monial, onde o Sagrado Coração de Jesus fez suas revelações a Santa Margarida Maria Alacoque. 




Ele poderia perfeitamente fazer com que esses milagres se dessem lá.




Poderia fazer dar em todos os santuários consagrados a Ele.




Mas não é verdade. Ele quis que a maior fonte de milagres que houve na História da Igreja e do mundo, fosse num santuário consagrado a Nossa Senhora. 










Doentes diante da Gruta de Lourdes


Quer dizer que Ele quis que aquelas curas todas só fossem obtidas sob a égide de Nossa Senhora, depois de uma aparição de Nossa Senhora, como uma graça de Nossa Senhora, e mediante um pedido feito a Nossa Senhora. 




Quer dizer, todas essas curas estupendas Ele quis que passassem pelas mãos dEla.




Quis que passassem para que? 




Evidentemente para documentar a verdade de fé da mediação universal. 




E que se passassem para que? Para os homens compreenderem bem até que ponto Ela pode tudo. 







Procissão em Lourdes


As piores doenças, os maiores males, os sofrimentos mais horrorosos Ela cura.




Ela toma as leis mais inflexíveis da natureza e Ela as elimina. Ela vence tudo: é um tal domínio de Nossa Senhora sobre a natureza, como mais não se pode imaginar. 




Bem, isto tudo é feito para mostrar que todas as graças vêm por meio d'Ela. E a presença de todas as graças nas mãos d'Ela para serem distribuídas quer dizer que Ela é a Rainha do Céu e da Terra. Por Ela passa tudo.





(Autor: Plinio Corrêa de Oliveira, 4 de fevereiro de 1965. Sem revisão do autor)




































Posted: 02 Jul 2013 08:30 PM PDT





Madonna dei raccomandati, catedral de Orvieto, Itália.

Lippo Memmi (1291 — 1356)



Para Nossa Senhora ser verdadeiramente Rainha é preciso que Ela possa junto a Deus tudo quanto Ela quer. 




Por esta forma Ela governa o mundo. 




Nossa Senhora tem uma natureza humana como a nossa. E pela sua natureza, Ela não tem mais poder sobre os astros, sobre os homens, do que nós temos.




Para ter o reinado de todo o universo, Ela deve ser a Rainha de todos os anjos, de todos os santos, de todos os homens, de todo o mundo material e dominadora terribilíssima e completa do demônio.




Para isto Ela precisa ter a graça de Deus. E é enquanto ponto de convergência de todas as graças de Deus, que ela é Rainha. 




A onipotência de Nossa Senhora tem sido muitas vezes chamada, e muito adequadamente, de onipotência suplicante.




Porque é por meio da súplica que Ela pode tudo. Ela é Rainha porque Ela pode tudo junto d'Aquele que pode tudo. 




Portanto, o Reinado de Nossa Senhora é o reinado das súplicas que Ela faz, do valor das orações que Ela oferece.







Portanto, a realeza de Nossa Senhora está numa conexão íntima com o fato de Ela ser o canal de todas as graças. 







Doentes diante da Gruta de Lourdes


Ela é a Rainha de tudo, porque todas as graças que são dadas aos homens, são dadas pelas mãos d'Ela. 




Todos os pedidos que os homens fazem são apresentados por meio d'Ela. 




E se todos os santos e anjos do Céu pedissem algo que não fosse por meio d'Ela não obteriam. 




Ela sozinha, pedindo sem nenhum deles, obtém. 




De tal maneira o foco da predileção Divina se concentrou inteiro n'Ela. 




Depois, parte d'Ela de novo para benefício de toda a criação. 




E Ela é onipotente porque Ela é medianeira de todas as graças. 







Coroa de Nossa Senhora no Santuário de Lourdes


Há, portanto, uma espécie de correlação íntima entre uma coisa e outra.




Deus quis que as curas todas em Lourdes só fossem obtidas sob a égide de Nossa Senhora, depois de uma aparição de Nossa Senhora, como uma graça de Nossa Senhora, e mediante um pedido feito a Nossa Senhora. 




Tudo em Lourdes é feito para mostrar que todas as graças vêm por meio d'Ela. E graças todas para serem distribuídas estão nas mãos d'Ela para mostrar que Ela é a Rainha do Céu e da Terra. 




E a Medianeira Universal das graças porque por Ela passa tudo.





(Autor: Plinio Corrêa de Oliveira, 4.2.65, texto não revisto pelo autor)

































Posted: 21 Jun 2013 04:01 PM PDT





A esplanada e a Basílica do Rosário já estão acessíveis (foto de arquivo)





Uma intensa mobilização de voluntários e funcionários permitiu que o Santuário de Lourdes seja reaberto neste sábado 22 de junho às 15:30 horas (da França) quer dizer 10:30 hs de Brasília.




A reabertura será ainda parcial considerando os colossais danos provocados pela enchente. 




Porém, os romeiros poderão desde essa hora voltar a visitar a Gruta.





As WEBCAM (CLÁSSICA e NOVA) já retomaram a transmissão online.







As celebrações já retomaram nas partes menos atingidas como a basílica superior.




A área do santuário se estende sobre 50 hectares, muitas delas ainda cobertas pela lama e detritos. 










Meritório esforço permite rápida reabertura.


O Pe. Horacio Brito, reitor do Santuário de Lourdes, já reabriu simbolicamente uma porta de acesso.




Na ocasião (ver vídeo embaixo) ele puxou as primeiras orações acompanhado por uma centena de peregrinos.




"Reabrimos as portas do Santuário e nosso primeiro gesto é simplesmente rezar a Nossa Senhora de Lourdes", explicou.




Ele confirmou que a Gruta que ficou coberta por 1,40 metros de água e lama será reaberta no referido horário de sábado.







Bombeiros trabalharam duro para a reabertura


A procissão das velas também vai retomar graças ao corajoso trabalho dos voluntários.




A procissão, porém, fará um percurso alternativo por causa das partes ainda cobertas de lama e detritos vegetais.




A esplanada e a basílica do Rosário já estão acessíveis. 




A basílica subterrânea, que atrai menos o interesse dos romeiros, ficou devastada e invadida por três metros de água.




Os bombeiros trabalharão ainda muito nela.













































You are subscribed to email updates from Lourdes e suas aparições

To stop receiving these emails, you may unsubscribe now. 

Email delivery powered by Google 


Google Inc., 20 West Kinzie, Chicago IL USA 60610 

Nenhum comentário:

Apoio




_

Immaculata mea

In sobole Evam ad Mariam Virginem Matrem elegit Deus Filium suum. Gratia plena, optimi est a primo instanti suae conceptionis, redemptionis, ab omni originalis culpae labe praeservata ab omni peccato personali toto vita manebat.

Cubra-me

'A Lógica da Criação'


Jesus, oculto na Hóstia, é tudo para mim




“Se não fosse a Santa Comunhão, eu estaria caindo continuamente. A única coisa que me sustenta é a Santa Comunhão. Dela tiro forças, nela está o meu vigor. Tenho medo da vida, nos dias em que não recebo a Santa Comunhão. Tenho medo de mim mesma. Jesus, oculto na Hóstia, é tudo para mim. Do Sacrário tiro força, vigor, coragem e luz. Aí busco alívio nos momentos de aflição. Eu não saberia dar glória a Deus, se não tivesse a Eucaristia no meu coração.”



(Diário de Santa Faustina, n. 1037)

Ave-Maria

A Paixão de Cristo