Banner

Jesus Início

Início


Visitas



addthis

Addrhis

Canal de Videos

Maria



Rio de Janeiro

Santa Sé






domingo, 17 de novembro de 2013

Ativismo gay no programa “Encontro” da Globo expondo crianças a beijo gay








Posted: 17 Nov 2013 04:27 AM PST




Ativismo gay no programa "Encontro" da Globo expondo crianças a beijo gay

Programa "Encontro" exibe violência escandalosa contra a inocência das crianças



Marco Feliciano



Comentário de Julio Severo: Para ver a campanha homossexual para que crianças sejam expostas à lascívia gay, inclusive beijos gays, confira o artigo "Beijo gay: Obrigatório para crianças?" neste link: http://bit.ly/19n0aUV





  • Violência: Globo expôs crianças à imoralidade do beijo gay


Vi há pouco uma cena chocante no "Encontro", programa apresentado por Fátima Bernardes, da Rede Globo. A emissora segue sua campanha de promoção da homossexualidade – um ativismo de militância sindical. Nunca houve antes nada parecido. A Globo tornou-se militante gay. Existe uma diferença entre gays e militantes. A emissora faz ativismo, um tipo de discurso que tenta doutrinar a sociedade a ser favorável a prática.


A cena é a seguinte: a equipe do programa foi até uma escola do Rio de Janeiro e pediu a sete pais de crianças com idades entre 6 e 9 anos que assistissem ao vídeo de um pedido de casamento gay para ver como eles reagiriam. Depois foi a vez dos filhos assistirem ao mesmo vídeo. Isso mesmo! Pasmem, a emissora expôs as crianças a cena que – se não bastasse a intenção repulsiva – ainda exibe um beijo gay.


Poucas coisas são tão detestáveis quanto este teatro armado por Fátima em seu programa de baixa audiência. A Globo já vem usando suas novelas para educar os telespectadores sobre a diversidade sexual. No caso em questão, o discurso é o mesmo, mas o tom é ainda mais pesado: usam imagens para deturpar o pensamento das crianças. Puro merchandising da emissora a favor do sindicalismo gay, seguido da discurseira da apresentadora e seus convidados – sempre sem contraditório.


O que Fátima está a dizer é que uma criança entre 6 e 9 anos já tem discernimento para se assumir sexualmente. Tratam o debate como progressista, moderno, mas não passa de militância, de ativismo. Quais as consequências que a exposição de uma criança a este tipo de cena pode causar? Deve-se supor, a partir daí, que a intenção da emissora é que as crianças já se definam como heteros ou homo. É isso mesmo: essa gente toda, agora com o apoio da Rede Globo, está a dizer que uma criança deve ser exposta aos desvalores promovidos pela militância gay.


Pra começo de conversa, crianças não sabem o que querem, estão em fase de aprendizado e não discernem sobre estes temas sociais. Expor a inocência das crianças e pedir opinião delas sobre um tema de origem sexual é um crime. Por isso é uma ideia estúpida. Há uma diferença gigantesca entre pessoas que lutam por seus direitos e um movimento que quer transformar a sociedade e obriga-la a aderir a seus ideais – se posso chamar assim.


No caso do programa Encontro, o que se vê é uma violência escandalosa contra a inocência das crianças. Uma criança nesta faixa etária não tem ainda condições de opinar sobre este tema, qualquer especialista pode atestar isso – com exceção daqueles que chamavam o Projeto de Decreto Legislativo 234/11 de "Cura Gay". Mas esta é outra história! O fato é que a equipe do programa promoveu uma violência contra estas crianças. Certamente motivados pelo sindicalismo gay.


Como deputado federal eu exijo que o Ministério Público questione as motivações da emissora ao expor inocentes de tenra idade desta forma. Basta assistir a reação das crianças para notar o constrangimento, repulsa e espanto das crianças.


O que a Globo fez não existe em lugar nenhum do mundo: usou de forma indevida crianças para promover o comportamento gay. Existe uma diferença entre o indivíduo homossexual e a militância gay. Tratarei isso em um livro que estou preparando. A militância gay quer impor o comportamento homossexual, enquanto o indivíduo busca apenas direitos. Ainda que eu seja contra a prática homossexual, não sou contra o indivíduo buscar os seus direitos.


O que quer essa gente? O próximo passo será expor crianças a uma cena de pedofilia para saber a opinião dos inocentes? Não se espante, não falta muito para isso acontecer. Mas concluo: crianças na primeira infância não têm personalidade desenvolvida e nem maturidade para decidir sobre estes temas.




Divulgação: www.juliosevero.com


Leitura recomendada:




















Para seguir Julio Severo no Facebook e Twitter: http://twitter.com/juliosevero Facebook: http://www.facebook.com/pages/Blog-Julio-Severo/185623904807430






You are subscribed to email updates from Julio Severo

To stop receiving these emails, you may unsubscribe now. 

Email delivery powered by Google 


Google Inc., 20 West Kinzie, Chicago IL USA 60610 

Nenhum comentário:




_

Immaculata mea

In sobole Evam ad Mariam Virginem Matrem elegit Deus Filium suum. Gratia plena, optimi est a primo instanti suae conceptionis, redemptionis, ab omni originalis culpae labe praeservata ab omni peccato personali toto vita manebat.

Cubra-me

'A Lógica da Criação'


Jesus, oculto na Hóstia, é tudo para mim




“Se não fosse a Santa Comunhão, eu estaria caindo continuamente. A única coisa que me sustenta é a Santa Comunhão. Dela tiro forças, nela está o meu vigor. Tenho medo da vida, nos dias em que não recebo a Santa Comunhão. Tenho medo de mim mesma. Jesus, oculto na Hóstia, é tudo para mim. Do Sacrário tiro força, vigor, coragem e luz. Aí busco alívio nos momentos de aflição. Eu não saberia dar glória a Deus, se não tivesse a Eucaristia no meu coração.”



(Diário de Santa Faustina, n. 1037)

Ave-Maria

A Paixão de Cristo