Banner

Jesus Início

Início


Visitas



addthis

Addrhis

Canal de Videos

Maria



Rio de Janeiro

Santa Sé






segunda-feira, 21 de outubro de 2013

[Catolicos a Caminho] A VIGILÂNCIA É UM COMBATE Som !

 











  • A VIGILÂNCIA É UM COMBATE ! 


virgens prudentes

- --"Felizes esses servos, que o Senhor, quando chegar, encontrar vigilantes".


A Liturgia da Palavra de hoje – 22 de Outubro – C, é um convite ou uma exortação para todos nós:
-"Estejam cingidos os vossos rins e acesas as vossas lâmpadas".(Lc.12,35).


No contexto da Parusia, a Vigilância é um dos pilares da moral crist.
Com efeito, ela foi muito recomendada por Jesus em ordem ao momento do nosso chamamento final :
- "Vigiai, pois, porque não sabeis em que dia virá o vosso Senhor. Ficai sabendo isto : Se o dono da casa soubesse a que horas da noite viria o ladrão, estaria vigilante e não deixaria arrombar a sua casa. Por isso, estai vós também preparados, porque o Filho do Homem virá na hora em que menos pensardes.. " (Mt.24,42-44).(cf.Mt.25,13).
- "Sede semelhantes aos homens que esperam o seu senhor, ao voltar do seu noivado, a fim de lhe abrirem a porta, assim que ele chegar e bater"... (Lc. 12,25-48).
É preciso vigiar nas tentações :
-" Vigiai e orai para não cairdes em tentação. O espirito está pronto, mas a carne é fraca". (Mt.26/41).
- "Vigiai, sede firmes na fé, procedei varonilmente, sede fortes". (1 Cor. 16,13).
O Catecismo da Igreja Católica diz :
2612. - Em Jesus, "o Reino de Deus está perto". Ele chama à conversão e à fé, mas também à Vigilância. Na oração, o discípulo vela, atento aquele que VEM, na memória da sua primeira vinda na humanidade da carne, e na esperança da sua segunda vinda na glória. Em comunhão com o mestre, a oração dos discípulos é um combate; é vigiando na oração que eles evitam entrar em tentação.
Quando Jesus insiste na vigilância, esta diz sempre respeito a Ele, à sua vinda, no último dia e cada dia : "hoje".
O esposo chega a meio da noite.
A luz que não devemos deixar apagar é a da fé :
-"Diz-me o coração : "Procura a sua face" (Sl.26,8).
Na "Oração do Senhor" há uma petição que diz :
-"Não nos deixeis cair em tentação".
É um combate que nos lembra as tentações do Senhor e que nos é exigido para a vitória final.
Lembra ainda o Catecismo da Igreja Católica :
2849. - Ora um tal combate e uma tal vitória só são possíveis pela oração. Foi pela oração que Jesus venceu o Tentador desde o princípio e no último combate da sua agonia. Foi ao seu combate e à sua agonia que Cristo nos uniu nesta petição ao nosso Pai. A vigilância do coração é lembrada com insistência em comunhão com a sua. A vigilância é "guarda do coração" e Jesus pede ao Pai que "nos guarde em seu nome" (Jo.17/11). O Espírito Santo procura incessantemente despertar-nos para esta vigilância.
Esta petição toma todo o seu sentido dramático, quando relacionada com a tentação final do nosso combate na Terra : ela pede a Perseverança final.
- "Olhai que vou chegar como um ladrão : feliz de quem estiver vigilante!" (Ap.16,15).


Virgens loucas
John
Nascimento 

























__._,_.___







Atividade nos últimos dias: 




Para cancelar sua assinatura deste grupo, envie um e-mail para:

catolicosacaminho-unsubscribe@yahoogroups.com









Trocar para: Só Texto, Resenha Diária • Sair do grupo • Termos de uso














.



__,_._,___

Nenhum comentário:

Apoio




_

Immaculata mea

In sobole Evam ad Mariam Virginem Matrem elegit Deus Filium suum. Gratia plena, optimi est a primo instanti suae conceptionis, redemptionis, ab omni originalis culpae labe praeservata ab omni peccato personali toto vita manebat.

Cubra-me

'A Lógica da Criação'


Jesus, oculto na Hóstia, é tudo para mim




“Se não fosse a Santa Comunhão, eu estaria caindo continuamente. A única coisa que me sustenta é a Santa Comunhão. Dela tiro forças, nela está o meu vigor. Tenho medo da vida, nos dias em que não recebo a Santa Comunhão. Tenho medo de mim mesma. Jesus, oculto na Hóstia, é tudo para mim. Do Sacrário tiro força, vigor, coragem e luz. Aí busco alívio nos momentos de aflição. Eu não saberia dar glória a Deus, se não tivesse a Eucaristia no meu coração.”



(Diário de Santa Faustina, n. 1037)

Ave-Maria

A Paixão de Cristo