Banner

Jesus Início

Início


Visitas



addthis

Addrhis

Canal de Videos

Maria



Rio de Janeiro

Santa Sé






domingo, 20 de outubro de 2013

Julio Severo: “Silas Malafaia: Politicagem com os evangélicos do Rio” plus 1 more








Posted: 20 Oct 2013 05:41 AM PDT




Silas Malafaia: Politicagem com os evangélicos do Rio

Revista Veja mostra disputa acirrada do PT ao governo do Rio pelo voto evangélico



Julio Severo



As campanhas eleitorais oficiais ainda nem começaram, mas os palanques para a disputa do governo do Rio já estão sendo armados dentro dos templos evangélicos, de acordo com a revista Veja, que diz também que "Todo fim de semana, o senador e pré-candidato do PT Lindbergh Farias, ex-comunista e católico não praticante, percorre o circuito completo da fé: assiste a cultos, abraça fiéis e se deixa fotografar com as mãos espalmadas em oração. Já apareceu em 63 igrejas."



Normalmente, Lindbergh enfrentaria uma oposição ferrenha da população evangélica, pois seu partido, o PT, está na linha de frente na guerra contra a vida e a família, lutando ferozmente para aprovar o PLC 122 e outros projetos altamente nocivos para o Brasil.


Contudo, para acalmar as preocupações dos evangélicos e garantir a vitória do petista Lindbergh, o Pr. Silas Malafaia cedeu o Pr. Sóstenes Cavalcante, o principal responsável pelos eventos de seu ministério, para o gabinete de Lindbergh. Assim, se o público evangélico disser "O Lindbergh é do PT, partido das trevas!" o assessor pessoal de Silas, Pr. Sóstenes, estará bem próximo para tranquilizar a todos: "Calma, calma! Como representante de Malafaia, posso garantir que Lindbergh nos representa!"






  • Assessor de Malafaia é agora assessor de petista 



Não foi esse mesmo discurso que ouvimos na eleição e reeleição de Lula em 2002 e 2006? Não foi Malafaia que tranquilizou a população evangélica sobre Lula? E o que o povo ganhou? Pesadas imposições de leis e medidas da cultura da morte. O que Malafaia ganhou em toda essa jogada? Só Deus sabe, mas o pouco que sabemos é que seu império financeiro cresce sem parar.


Nada tenho contra um cristão que ganha muito, contanto que ele invista muito no Reino de Deus, não no reino das trevas.


Lindbergh Farias conta agora com o apoio do pastor Silas Malafaia. No último dia 13, ele esteve, de acordo com a revista Veja, no culto da igreja Vitória em Cristo. Veja também acompanhou o evento, que teve presença do pastor Sóstenes Cavalcante, que agenda os eventos evangélicos para Lindbergh: "Vamos fazer uma oração grátis, 0800 para ele. Quem sabe estou orando pelo futuro governador", disse Malafaia, para mil fiéis.



Em matéria de política, parece que Malafaia não quer aprender com seus graves pecados passados. Ele induziu o povo evangélico a votar em Lula duas vezes, e o que o Brasil ganhou? Um ferrenho rei Acabe pró-aborto e pró-homossexualismo. Ele também induziu o povo evangélico a votar em Sérgio Cabral, que se tornou o governador Acabe pró-aborto e pró-homossexualismo do Rio.


Malafaia quer vencer a cultura da morte apoiando seus promotores.


Quer orar pelos Acabes? O profeta Elias fazia isso.


Quer denunciar o sacrifício de bebês, homossexualismo sagrado e outros males dos Acabes? Elias fazia isso.


Quer induzir o povo de Deus a votar nos Acabes? Elias nunca fez isso.


Os cristãos do passado pagavam com a própria vida um bom testemunho. 


Hoje, os cristãos modernos e "espertos" não querem perder oportunidades financeiras e políticas, e preferem ganhar a vida dando mau testemunho em politicagens.


Ore por Malafaia em seus devaneios políticos. Quando não há eleição, ele é um excelente defensor da família e combatente contra o aborto e a agenda gay. Mas quando há eleição, a tentação de apoiar os promotores desses males lhe é irresistível. Saibamos, pois, seguir seu bom exemplo sem cair em suas fraquezas e tentações.


Para ler a reportagem da Veja, que mostra politicagem de outros líderes evangélicos também, clique aqui.




Leitura recomendada:










Para seguir Julio Severo no Facebook e Twitter: http://twitter.com/juliosevero Facebook: http://www.facebook.com/pages/Blog-Julio-Severo/185623904807430






Posted: 19 Oct 2013 02:37 PM PDT




Pastor Joide Miranda conta testemunho de abandono à homossexualidade e convoca igrejas: "Lutem sem medo em favor da família"



Tiago Chagas



O pastor Joide Miranda, ex-travesti e atualmente casado com uma mulher e pai de um menino, concedeu uma entrevista falando sobre seu testemunho e visão das questões sociais ligadas à homossexualidade que atualmente vem sendo discutidas com bastante ênfase pela mídia.






  • Joide e família 





Joide Miranda foi apresentado à mídia nacional pelo pastor Silas Malafaia, tido como um dos maiores adversários dos ativistas gays no Brasil. Em seu testemunho, Joide afirma que teve sua identidade "restaurada" por Deus, e que isso é possível também para outros homossexuais.


Na entrevista ao blogueiro Julio Severo, Joide afirma que sua introdução à homossexualidade ocorreu a partir da "ausência paterna e abuso sexual" cometido por um vizinho: "Meu pai era um homem extremamente violento e alcoólatra, e aos seis anos de idade fui abusado sexualmente por um advogado que morava de frente para minha casa. O abuso continuou por um ano. No dia que aconteceu o abuso, cheguei em casa assustado e com muita vontade de compartilhar com alguém, mas não tive um pai presente e amigo. Meu pai estava deitado no sofá alcoolizado. Aquele que era para ser meu herói e amigo, era pra mim dentro de casa um inimigo", revelou o pastor.


Para Joide, a principal angústia sentida por ele durante o tempo em que se manteve na homossexualidade e atuou como travesti era a insatisfação: "Eu sempre buscava uma felicidade verdadeira, mas nunca encontrei. Minha felicidade era momentânea, externando aquilo que na verdade meu interior desejava. No final das noitadas, quando nos reuníamos em quatro paredes, o comentário que muitos diziam era: 'que vida miserável é esta que estou vivendo'", afirmou o pastor.


Sobre a proibição do Conselho Federal de Psicologia imposta aos profissionais da área de atender homossexuais que desejem buscar ajuda especializada para abandonar a prática, Joide demonstrou repúdio: "Isso é um absurdo. Vivemos em um país que se diz ser 'democrático' (sabemos que não é), onde as pessoas deveriam ter liberdade de ir e vir, porém nem todos têm essa liberdade, principalmente as pessoas que voluntariamente querem deixar o estado da homossexualidade. Eu fui acompanhado durante três anos por uma psicóloga, que ajudou a encontrar-me com a verdadeira identidade com a qual eu nasci. Fui acompanhado por uma pastora e por uma psicóloga. As duas coisas precisam andar juntas", disse.


Joide afirmou ainda acreditar que o abandono à homossexualidade pode ser alcançado pela psicologia, mas que a ação divina não é limitada pela ciência: "O poder de Deus não é limitado a recursos humanos. Creio que ele usa a psicologia, mas ele pode trazer restauração sem um acompanhamento psicológico também. Conheço pessoas que nunca foram a psicólogos e são totalmente restauradas em sua identidade sexual. Dois exemplos: o Pr. João Carlos Xavier de Cabo Frio e o missionário Antônio do Rio de Janeiro. Na minha opinião, a psicologia deve andar junto com a Palavra de Deus, caso contrário não há efeito".


O pastor comentou ainda que, tempos atrás, a principal porta de entrada na homossexualidade eram os abusos cometidos contra crianças, mas que hoje, a mídia atua como um canal de incentivo à prática: "Já ouviu aquela frase que diz que 'a propaganda é a alma do negócio'? Já atendi jovens que entraram na homossexualidade por curiosidade. O massacre da mídia tem levado muitos jovens a experimentar a prática homossexual e com isso acabam se viciando", afirmou o pastor, que acrescentou: "O imperialismo homossexual é resultado da ausência de Deus na vida das pessoas e de uma sociedade humanista e gayzista e, como diz em Romanos 1.25, a sociedade e a mídia estão mudando a verdade de Deus em mentira".


À igreja cristã no Brasil, Joide sugere bravura e sabedoria para lidar com a questão: "Orar, não se intimidar, lutar sem medo em favor da família e ser corajosa como os ativistas são. Mas infelizmente a igreja tem recuado. Muitos líderes não gostam nem que toquem neste assunto, com medo de suas denominações serem perseguidas e muitas ainda se rendem a agenda gayzistas", observou.


Fonte: GospelMais


Divulgação: www.juliosevero.com


Leitura recomendada:











Para seguir Julio Severo no Facebook e Twitter: http://twitter.com/juliosevero Facebook: http://www.facebook.com/pages/Blog-Julio-Severo/185623904807430






You are subscribed to email updates from Julio Severo

To stop receiving these emails, you may unsubscribe now. 

Email delivery powered by Google 


Google Inc., 20 West Kinzie, Chicago IL USA 60610 

Nenhum comentário:

Apoio




_

Immaculata mea

In sobole Evam ad Mariam Virginem Matrem elegit Deus Filium suum. Gratia plena, optimi est a primo instanti suae conceptionis, redemptionis, ab omni originalis culpae labe praeservata ab omni peccato personali toto vita manebat.

Cubra-me

'A Lógica da Criação'


Jesus, oculto na Hóstia, é tudo para mim




“Se não fosse a Santa Comunhão, eu estaria caindo continuamente. A única coisa que me sustenta é a Santa Comunhão. Dela tiro forças, nela está o meu vigor. Tenho medo da vida, nos dias em que não recebo a Santa Comunhão. Tenho medo de mim mesma. Jesus, oculto na Hóstia, é tudo para mim. Do Sacrário tiro força, vigor, coragem e luz. Aí busco alívio nos momentos de aflição. Eu não saberia dar glória a Deus, se não tivesse a Eucaristia no meu coração.”



(Diário de Santa Faustina, n. 1037)

Ave-Maria

A Paixão de Cristo