Banner

Jesus Início

Início


Visitas



addthis

Addrhis

Canal de Videos

Rio de Janeiro

Santa Sé






segunda-feira, 5 de maio de 2014

[Catolicos a Caminho] MÊS DE MAIO DE 2014 - MEMÓRIAS DA IRMÃ LÚCIA (02) Som !

 











  • MÊS DE MAIO DE 2014 
  • MEMÓRIAS DA IRMÃ LÚCIA 




(02)– RETRATO DE JACINTA 



1. Temperamento 



Ex.mo e Rev.mo Senhor Bispo. 



Antes dos factos de 1917, exceptuando o laço de parentesco que nos unia, nenhum outro afecto particular me fazia preferir a companhia da Jacinta e Francisco, à de qualquer outra criança. 

Pelo contrário, a sua companhia tornava-se-me, por vezes, bastante antipática, pelo seu carácter demasiado medlindrosa. 

A menor contenda, das que se levantam entre as crianças, quando jogam, era bastante para a fazer ficar amuada, a um canto, a prender o burrinho, como nós cá dizíamos. 

Para a fazer voltar a ocupar o seu lugar na brincadeira, não bastavam as mais doces carícias que em tais ocasiões as crianças sabem fazer. 

Era então preciso deixá-la escolher o jogo e o par com quem queria jogar. 

Tinha, no entanto, já então, um coração muito bem inclinado, e o bom Deus tinha-a dotado dum carácter doce e meigo que a tornava, ao mesmo tempo, amável e atraente. 

Não sei porquê, a Jacinta, com seu irmãozinho Francisco, tinham por mim uma predilecção especial e buscavam-me, quase sempre, para brincar. 

Não gostavam da companhia das outras crianças e pediam-me par ir com eles para junto dum poço que tinham meus pais, no fundo do quintal. 

Uma vez aí, a Jacinta escolhia os jogos em que iamos entreter. 

Os seus preferidos eram, quase sempre, sentados sobre esse poço, que era coberto de lages por cima, à sombra duma oliveira e duas ameixieiras, o jogo das pedrinhas ou do botão. 

Com este vi-me também, não poucas vezes, em grandes aflições, porque, quando nos chamavam para comer, encontrava-me sem botões na roupa. 

Por ordinário, ela tinha-mos ganhado e isto era o bastante para que minha Mãe me ralhasse. 

Era preciso pregá-los à pressa; e como conseguir que ela os desse, se, além do defeitilho de amuar, tinha o de agarrada ? 

Queria guardá-los para o jogo seguinte, para não ter que arrancar os dela. 

Só ameaçando-a de que não voltava mais a brincar com ela é que os conseguia ! 

Não poucas vezes acontecia não poder satisfazer o desejo da minha amiguinha. 

Como minhas irmãs mais velhas, que eram uma tecedeira e a outra costureira, passavam os dias em casa, as vizinhas pediam a minha Mãe para deixarem os seus filhinhos no pátio de meus pais, junto de mim, a brincar, sob a vigilância de minhas irmãs, enquanto que elas iam para os campos trabalhar. 

Minha Mãe dizia sempre que sim, embora custasse a minhas irmãs uma boa perca de tempo. 

Eu era então encarregada de entreter essas crianças e ter cuidado que não caíssem num poço que havia nesse pátio. 

Três grandes figueiras reguardavam, dos ardores do Sol, a essas crianças; seus ramos serviam de baloiço e uma velha eira servia de sala de jantar. 

Quando, nesses dias, a jacinta vinha com seu irmãozinho a chamar-me para o nosso retiro, dizia-lhe que não podia ir, pois minh Mãe me tinha mandado estar ali. 

Então os dois pequeninos resignavam-se com desgosto e tomavam parte na brincadeira. 

Nas horas da sesta, minha Mãe dava a seus filhos a sua lição de doutrina, principalmente quando se aproximava a Quaresma, porque – dizia – não quero ficar envergonhada, quando o Senhor Prior vos perguntar a doutrina, na desobriga. 

Então todas aquelas crianças assistiam à nossa lição de catecismo; a Jacinta lá estava também. 



John

Nascimento 
















__._,_.___





• 



• 

através de email 

• 


• 







Para cancelar sua assinatura deste grupo, envie um e-mail para:

catolicosacaminho-unsubscribe@yahoogroups.com













Privacidade • Sair do grupo • Termos de uso














.




__,_._,___

Nenhum comentário:

Apoio




_

Immaculata mea

In sobole Evam ad Mariam Virginem Matrem elegit Deus Filium suum. Gratia plena, optimi est a primo instanti suae conceptionis, redemptionis, ab omni originalis culpae labe praeservata ab omni peccato personali toto vita manebat.

Cubra-me

'A Lógica da Criação'


Jesus, oculto na Hóstia, é tudo para mim




“Se não fosse a Santa Comunhão, eu estaria caindo continuamente. A única coisa que me sustenta é a Santa Comunhão. Dela tiro forças, nela está o meu vigor. Tenho medo da vida, nos dias em que não recebo a Santa Comunhão. Tenho medo de mim mesma. Jesus, oculto na Hóstia, é tudo para mim. Do Sacrário tiro força, vigor, coragem e luz. Aí busco alívio nos momentos de aflição. Eu não saberia dar glória a Deus, se não tivesse a Eucaristia no meu coração.”



(Diário de Santa Faustina, n. 1037)

Ave-Maria

A Paixão de Cristo