Banner

Jesus Início

Início


Visitas



addthis

Addrhis

Canal de Videos

Maria



Rio de Janeiro

Santa Sé






sexta-feira, 17 de janeiro de 2014

Aborto Está Perdendo na ONU




Aborto Está Perdendo na ONU




Posted: 17 Jan 2014 12:00 AM PST




Aborto Está Perdendo na ONU


Austin Ruse



As forças pró-aborto têm gastado centenas de milhões de dólares e centenas de milhares de horas de trabalho nos vinte anos passados e não têm avançado sua agenda nem mesmo uma sílaba além do que conseguiram na Conferência do Cairo em 1994.



Pare para pensar nisso por um momento, pois é algo que assombra dia e noite o Fundo de População da ONU e a Federação Internacional de Planejamento Familiar. Eles têm dedicado uma parte de suas vidas para estabelecer um direito internacional ao aborto e tudo que eles conseguiram foi uma linguagem vaga sobre saúde e direitos reprodutivos que a maioria dos países rejeita completamente como não tendo nada a ver com o aborto. Eles estão tão perto de um direito internacional ao aborto quanto estavam quando começaram.


Além disso, eles até começaram a ver seus pequenos ganhos evaporarem. Dois anos atrás a ONU realizou uma revisão de 20 anos da Conferência do Rio sobre Meio-Ambiente. Os delegados rejeitaram linguagem relacionada a direitos reprodutivos. Hillary Clinton denunciou o documento final, assim como denunciaram também muitas outras figuras pró-aborto, inclusive Nafis Sadik, ex-diretora do Fundo de População da ONU.


Nos vários meses passados, o Fundo de População da ONU realizou conferências regionais em preparação para as negociações das novas metas de desenvolvimento e a revisão de 20 anos da Conferência do Cairo. Essas reuniões regionais de encenação são cheias de radical linguagem pró-aborto. Como é que os delegados da ONU em Nova Iorque têm recebido esses documentos? Com desdém educado.


A outra questão quente na ONU em anos recentes tem sido a tentativa de fazer da "orientação sexual e identidade de gênero" novas categorias de não-discriminação no direito internacional. As delegações têm se oposto a isso não porque odeiam gays, mas porque sabem que os gays já são protegidos no direito internacional e que esses esforços são realmente sobre avançar coisas como casamento gay e adoção gay, coisas que a maioria do mundo rejeita.


Eles têm fracassado totalmente em seus esforços para avançar nessa questão. O melhor que conseguiram foi uma campanha de relações públicas feita pelo Escritório do Alto Comissário de Direitos Humanos e um "estudo" de violência contra gays que é tudo o que o escritório de direitos humanos de Genebra conseguiu fazer.


A coalizão contra essa iniciativa na Assembleia Geral é consideravelmente maior do que a coalizão pró-vida de modo que as chances de se fazer algum progresso real são minúsculas.


No entanto, forças antivida e antifamília têm feito progresso e muito controlam a máquina da ONU. Elas controlam várias agências como o Fundo de População da ONU, o UNICEF, o Banco Mundial, a Organização Mundial de Saúde e vários órgãos de direitos humanos que interpretam e tentam impor tratados. Elas controlam todos esses e têm feito grande progresso em avançar sua agenda por meio deles.


Embora tenham muito pouco para mostrar pelos seus esforços, essas forças não mostram sinal de afrouxar. É por isso que a ONU permanece um dos mais importantes campos de batalha na luta mundial pela vida e pela família.


É simplesmente incrível pensar que um pequeno bando de grupos e indivíduos em grande parte desconhecidos tem desferido tal derrota contínua em algumas das forças mais poderosas do mundo.


Tradução: Julio Severo


Fonte: Friday Fax


Leitura recomendada:











Para seguir Julio Severo no Facebook e Twitter: http://twitter.com/juliosevero Facebook: http://www.facebook.com/pages/Blog-Julio-Severo/185623904807430






You are subscribed to email updates from Julio Severo

To stop receiving these emails, you may unsubscribe now. 

Email delivery powered by Google 


Google Inc., 20 West Kinzie, Chicago IL USA 60610 

Nenhum comentário:

Apoio




_

Immaculata mea

In sobole Evam ad Mariam Virginem Matrem elegit Deus Filium suum. Gratia plena, optimi est a primo instanti suae conceptionis, redemptionis, ab omni originalis culpae labe praeservata ab omni peccato personali toto vita manebat.

Cubra-me

'A Lógica da Criação'


Jesus, oculto na Hóstia, é tudo para mim




“Se não fosse a Santa Comunhão, eu estaria caindo continuamente. A única coisa que me sustenta é a Santa Comunhão. Dela tiro forças, nela está o meu vigor. Tenho medo da vida, nos dias em que não recebo a Santa Comunhão. Tenho medo de mim mesma. Jesus, oculto na Hóstia, é tudo para mim. Do Sacrário tiro força, vigor, coragem e luz. Aí busco alívio nos momentos de aflição. Eu não saberia dar glória a Deus, se não tivesse a Eucaristia no meu coração.”



(Diário de Santa Faustina, n. 1037)

Ave-Maria

A Paixão de Cristo