Banner

Jesus Início

Início


Visitas



addthis

Addrhis

Canal de Videos

Maria



Rio de Janeiro

Santa Sé






terça-feira, 5 de novembro de 2013

[Catolicos a Caminho] DISCÍPULOS DE CRISTO Som !

 











  • DISCÍPULOS DE CRISTO 




Na Liturgia da Palavra de hoje – 6 e Novembro – C, Jesus, falando para uma multidão, diz quem é que pode ser seu discípulo e disse muitas coisas que, já naquele tempo eram difíceis de entender, mas para o nosso tempo em que h'a tantos ricos e lpobres, numa escala de valores verdadeiramente discrepante no sentido de que a diferença entre uns e outros é muito grande, é muito mais incompreensível, ser discípulo de Jesus , e torna-se muito mais difícil entender o Evangelho de hoje.. 

O termo genérico de Discípulo, uma palavra que vem do latim Discipulus e que significa Estudante, refere-se a qualquer estudante de qualquer disciplina ou de qualquer ensino ministrado por um professor. 

Portanto um Discípulo está sempre relacionado com um Professor. 

No Novo Testamento, quando se fala nos Discípulos é em referência aos 72 que receberam instrução de Cristo e que Ele enviou à Sua frente : 

- "Depois disto, o Senhor designou outros setenta e dois discípulos e enviou - os dois a dois à Sua frente, a todas as cidades e lugares onde Ele havia de ir".(Lc.10/1). 

Eles, por sua vez, deviam partilhar estes privilegiados conhecimentos com os outros, como professores da fé : 

- "Disse-lhes : A messe é grande, mas os trabalhadores são poucos; pedi, portanto, ao dono da messe que mande trabalhadores para a Sua messe". (Lc.10/12). 

Os ensinamentos do Senhor aos Seus Discípulos eram tão importantes, que logo apareceu a heresia do Gnosticismo, segundo a qual os Gnósticos diziam que tinham recebido uma revelação especial directamente dos Discípulos. 

E Lucas dá-nos conta dos privilégios reservados aos Discípulos : 

- "Felizes os olhos que vêem o que estais a ver. Porque, digo-vo-lo Eu, muitos profetas e reis quiseram ver o que vedes e não viram, ouvir o que vós ouvis e não o ouviram". (Lc.10/2 3-24). 

Depois da Ascensão do Senhor os Apóstolos acrescentaram o número dos discípulos, pois que para a nomeação do Apóstolo que havia de substituir Judas, já estavam reunidos 120 : 

- "Nesse dia, Pedro levantou-se no meio dos irmãos - encontravam-se reunidas cerca de cento e vinte pessoas - e disse...". (Act-1/15). 

Na primitiva Igreja os Apóstolos distinguiam-se dos discípulos. 

Enquanto os Apóstolos tinham uma missão singular, os discípulos eram enviados dois a dois com a missão especial de preparar a vinda de Cristo. 

Os Apóstolos e os discípulos são muitas vezes comparados com os sacerdotes e Levitas do Antigo Testamento e com os bispos e presbíteros do Novo Testamento. 

Desde a Idade Média o número 72 referente aos discípulos servia de base para o número dos membros do Colégio dos Cardeais; todavia, tendo em conta os 120 de que falam os Actos dos Apóstolos, Paulo VI alargou também o número dos cardeais activos para cento e vinte, e depois João Paulo II aumentou para este número para 135. 

Modernamente o termo discípulo é geralmente aplicado a todos os baptizados. 

No conjunto dos livros do Novo Testamento a palavra discípulos aparece 241 vezes. 

Também o Catecismo da Igreja Católica fala muitas vezes nos Discípulos, ora referindo-se aos que foram discípulos de Cristo, ora citando as Escrituras. 

Mas faz também referências especiais ao que deve ser o verdadeiro Discípulo de Cristo. 

Começa por dizer: 

4. - Bem cedo se chamou catequese ao conjunto de esforços empreendidos na Igreja para fazer Discípulos; para ajudar os homens a acreditar que Jesus é o Filho de Deus, a fim de, pela fé, terem a vida em Seu nome... . 

Noutro lado afirma categoricamente : 

1816. - O Discípulo de Cristo, não somente deve guardar a fé e viver dela, como ainda professá-la, dar seguro testemunho dela e apregoá-la... 

2233. - Tornar-se Discípulo de Jesus é aceitar o convite para pertencer à família de Deus ... 

2471. - O Discípulo de Cristo aceita "viver na verdade", isto é, na simplicidade duma vida conforme ao exemplo do Senhor. 

Modernamente, as facilidades técnicas e bancárias facilitam tanto que as pessoas individam-se para além do que podem pagar, porque qerem ter tudo, e ao primeiro contratempo da vida, já não pagam, entrando no número dos que nunca pagam a que o Banco de Portugal chama o "Crédito mal parado" e que atinge uma verba de "biliões de Euros", com riscos para a economia. 

É exactamente o que diz o Evangelho, são pessoas que não pensam e que se comprometem com o que não podem pagar, e daí surgem as crises económicas como a que temos hoje em dia. 

Pois na vida espiritual acontece exactamente o mesmo, porque as pessoas, comprometidas com Deus desde o Baptismo, levam por vezes uma vida que não corresponde aos seus deveres e tornam-se responsáveis diante de Deus e diante da Igreja duma dívida que não podem pagar com o risco de perderem a Vida eterna. 

Afinal, ser discípulo de Cristo, não é realmente fácil, embora não impossível, para quem quiser ser bom pagador, isto é, bom discípulo de Cristo., porque Cristo pode ajudar todos os que confiarem n'Ele e lhe pedirem ajuda através da oração e do testemunho da sua vida. 



John
Nascimento 



















__._,_.___







Atividade nos últimos dias: 




Para cancelar sua assinatura deste grupo, envie um e-mail para:

catolicosacaminho-unsubscribe@yahoogroups.com









Trocar para: Só Texto, Resenha Diária • Sair do grupo • Termos de uso














.



__,_._,___

Nenhum comentário:




_

Immaculata mea

In sobole Evam ad Mariam Virginem Matrem elegit Deus Filium suum. Gratia plena, optimi est a primo instanti suae conceptionis, redemptionis, ab omni originalis culpae labe praeservata ab omni peccato personali toto vita manebat.

Cubra-me

'A Lógica da Criação'


Jesus, oculto na Hóstia, é tudo para mim




“Se não fosse a Santa Comunhão, eu estaria caindo continuamente. A única coisa que me sustenta é a Santa Comunhão. Dela tiro forças, nela está o meu vigor. Tenho medo da vida, nos dias em que não recebo a Santa Comunhão. Tenho medo de mim mesma. Jesus, oculto na Hóstia, é tudo para mim. Do Sacrário tiro força, vigor, coragem e luz. Aí busco alívio nos momentos de aflição. Eu não saberia dar glória a Deus, se não tivesse a Eucaristia no meu coração.”



(Diário de Santa Faustina, n. 1037)

Ave-Maria

A Paixão de Cristo