Banner

Jesus Início

Início


Visitas



addthis

Addrhis

Canal de Videos

Rio de Janeiro

Santa Sé






domingo, 11 de maio de 2014

Confraria de São João Batista




Confraria de São João Batista




Mães agridem mais do que os pais. 


Posted: 11 May 2014 02:00 AM PDT


As Mães Agridem mais que os Pais no Brasil!




Estudo da FMUSP indica aumento de 36% em maus tratos infantis




Uma pesquisa do Hospital das Clínicas (HC) da Faculdade de Medicina da USP (FMUSP) constatou um aumento de 36% nos casos de maus tratos infantis no primeiro semestre de 2010, em relação ao mesmo período de 2009.




O levantamento foi feito pelo Serviço Social do Instituto da Criança do HC, com base nos 60 casos de violência infantil atendidos no pronto-socorro do hospital.




Antônio Carlos Alves Cardoso, coordenador da pesquisa e médico pediatra doInstituto da Criança, observa que os abusos representam 0,2% do total de crianças atendidas, o que, segundo ele, é um número significativo. O levantamento registrou até uma tentativa de suicídio de uma garota de 13 anos, vítima de agressão psicológica pelos pais.




Mães agridem mais que os pais




Em 60% dos casos registrados os pais [Nota: mãe e pai] foram os agressores, sendo a mãe a que mais cometeu o crime. De acordo com Cardoso, as mães alegam vários motivos para a agressão. "Elas passam mais tempo com os filhos. Muitas vezes acabam descontando nas crianças as frustrações e as brigas com o companheiro", explica. Ele acrescenta que além da mãe e do pai, os agressores mais frequentes são outros membros da família, como tios, irmãos, padrastos e madrastas.




O levantamento considera crianças e adolescentes, na faixa etária entre zero e 17 anos. A maior parte das vítimas de abusos físicos são crianças menores de três anos, enquanto a frequência maior de abusos sexuais está entre adolescentes e pré-adolescentes.




Com base na sua tese de doutorado (Maus tratos infantis estudos clínico, social e psicológico de um grupo de crianças internadas no Instituto da Criança do Hospital das Clínicas da FMUSP), defendida em 2002, Cardoso comenta que o dado referente aos abusos físicos não destoa de outras realidades. Sua tese alertou que 75% dos casos de agressão acontecem com crianças menores de dois anos. "Dessa porcentagem, metade é menor de um ano, fase na qual a criança ainda não consegue se expressar ou se defender", observa o médico.




Sequelas




Ainda de acordo com a sua tese de doutorado, mais de 90% das crianças que sofrem agressão terão sequelas físicas ou psicológicas. As sequelas físicas podem ser óbitos, cegueiras parcial ou total, retardo mental, fraturas, queimaduras, entre outros. Dentre as sequelas psicológicas, as crianças podem apresentar desvios de conduta como agressividade, agitação, tendência suicida e síndrome do pânico. "Quanto mais nova for a criança agredida, maior a chance da sequela ser grave e de permanecer por mais tempo", relata o médico.




Síndrome do bebê sacudido




Em uma modalidade de abuso chamada "síndrome do bebê chacoalhado", Cardoso comenta que os meninos acabam sendo as maiores vítimas, pois eles têm mais cólicas e choram mais, o que faz as pessoas perderem a paciência. Asíndrome do bebê chacoalhado ou síndrome do bebê sacudido são lesões cerebrais resultantes de agitações vigorosas de um bebê ou de uma criança atingindo tórax, ombros ou extremidades.




Para identificar os casos de abuso, mudanças repentinas de comportamento das crianças são fortes indícios de que elas podem estar sofrendo algum trauma. Cardoso destaca que é fundamental ficar atento às alterações comportamentais, como dificuldades de se alimentar e dormir, ou introspecção, timidez e passividade exagerada.




O médico também lembra que, às vezes, as pessoas nem desconfiam dos verdadeiros agressores: "Pequenos detalhes que as crianças emitem podem ser fundamentais para evitar uma tragédia, pois estatísticas mostram que 5% das vítimas de maus tratos acabam morrendo na mão dos agressores".




__________

Disponível em: http://www2.uol.com.br/vyaestelar/maus_tratos_infantis.htm. Acesso em 14 agosto 2013.




You are subscribed to email updates from Confraria de São João Batista

To stop receiving these emails, you may unsubscribe now. 

Email delivery powered by Google 


Google Inc., 20 West Kinzie, Chicago IL USA 60610 

Nenhum comentário:

Apoio




_

Immaculata mea

In sobole Evam ad Mariam Virginem Matrem elegit Deus Filium suum. Gratia plena, optimi est a primo instanti suae conceptionis, redemptionis, ab omni originalis culpae labe praeservata ab omni peccato personali toto vita manebat.

Cubra-me

'A Lógica da Criação'


Jesus, oculto na Hóstia, é tudo para mim




“Se não fosse a Santa Comunhão, eu estaria caindo continuamente. A única coisa que me sustenta é a Santa Comunhão. Dela tiro forças, nela está o meu vigor. Tenho medo da vida, nos dias em que não recebo a Santa Comunhão. Tenho medo de mim mesma. Jesus, oculto na Hóstia, é tudo para mim. Do Sacrário tiro força, vigor, coragem e luz. Aí busco alívio nos momentos de aflição. Eu não saberia dar glória a Deus, se não tivesse a Eucaristia no meu coração.”



(Diário de Santa Faustina, n. 1037)

Ave-Maria

A Paixão de Cristo