Banner

Jesus Início

Início


Visitas



addthis

Addrhis

Canal de Videos

Maria



Rio de Janeiro

Santa Sé






segunda-feira, 4 de novembro de 2013

[Catolicos a Caminho] A SANTIDADE É ATRACTIVA Som !

 











  • A SANTIDADE É ATRACTIVA 




Isto não deve ser para nós uma surpreza. 

De facto, por mais de mil anos a Igreja fazia canonizações sem um processo formal. 

As pessoas eram veneradas como santas porque o povo acreditava e reconhecia na santidade delas e, instintivamente pediam-lhe auxílio e elas serviam-lhe de exemplo, como foi o caso de Agostinho, de Ireneu, de Helena e depois o nosso Santo António. 

O mesmo se diga dos mártires como Inácio, Policarpo, Perpétua e Felicidade que sempre foram veneradas e tomadas como modelos de vida e de uma santidade atractiva. 

As Escrituras estão cheias de de exemolos de uma santidade magnética que arrastava as pessoas devotas. 

S. Lucas diz-nos várias vezes como eram atractivos os primeiros Cristãos, que eram reconhecidos por esta expressão : Vejam como eles se amam". 

Depois de falar do Pentecostes ele diz-nos que os crentes frequentemente "oravam ao Senhor e distribuiam favores por todo o povo. 

E mais tarde escreveu ainda : 

-"Como se tivessem uma só alma, frequentavam diariamente o Templo; partiam o pão em suas casa e tomavam o alimento com alegriai e simplicidade de coração, louvando a Deus e tendo a simpatia de todo o povo e o Senhor aumentava, todos os dias o número dos que tinham entrado no caminho da salvação".(Act.2,,46-47). 

E mais adiante, Lucas continua : 

-"Sempre em maior número, se agregavam em massa homens e mulheres, acreditando no Senhor a tal ponto que traziam doentes para as ruas e colocavam-nos em enxergas e catres, a fim de que, à passagem de Pedro, ao menos a sua sombra cobrisse algum deles".(Act.5,14-15). 

Isto para nos explicar como a santidade de algumas pessoas era atractiva para outras, e, ao mesmo tempo para explicar também porque é que a Igreja ultrapassou alhguma coisa das regras da canonização para canonizar dois papas que foram exactamente polos de atraccão na sua vida e no exercício da sua mussão evangelizadora, cada um à sua maneira. 

E na Liturgia da Palavra de hoje – 4 de Novembro – C – também Jesus nos dá um exdemplo como polo de atracção de santidade, dizendo-nos : 

-"Quando deres um banquete, convida os pobres, os aleijados, os coxos e os cegos. E serás feliz por eles não terem com que te retribuir; ser-te-á retribuido na ressurreição dos justos".(Lc.14,13-14). 

Esta atitude, porque não é muito vulgar, mas muito meritória é também um polo de atracção para quem o fizer e um sinal de santidade que terá´retribuição na ressurreição dos justos. 



John
Nascimento 















__._,_.___







Atividade nos últimos dias: 




Para cancelar sua assinatura deste grupo, envie um e-mail para:

catolicosacaminho-unsubscribe@yahoogroups.com









Trocar para: Só Texto, Resenha Diária • Sair do grupo • Termos de uso














.



__,_._,___

Nenhum comentário:

Apoio




_

Immaculata mea

In sobole Evam ad Mariam Virginem Matrem elegit Deus Filium suum. Gratia plena, optimi est a primo instanti suae conceptionis, redemptionis, ab omni originalis culpae labe praeservata ab omni peccato personali toto vita manebat.

Cubra-me

'A Lógica da Criação'


Jesus, oculto na Hóstia, é tudo para mim




“Se não fosse a Santa Comunhão, eu estaria caindo continuamente. A única coisa que me sustenta é a Santa Comunhão. Dela tiro forças, nela está o meu vigor. Tenho medo da vida, nos dias em que não recebo a Santa Comunhão. Tenho medo de mim mesma. Jesus, oculto na Hóstia, é tudo para mim. Do Sacrário tiro força, vigor, coragem e luz. Aí busco alívio nos momentos de aflição. Eu não saberia dar glória a Deus, se não tivesse a Eucaristia no meu coração.”



(Diário de Santa Faustina, n. 1037)

Ave-Maria

A Paixão de Cristo